Bolos e salgados: TJ suspende sessão para votar cassação de prefeita de Quedas do Iguaçu

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 12/07/2019 às 12:27

O Tribunal de Justiça do Paraná suspendeu a sessão extraordinária que hoje votaria a cassação da prefeita de Quedas do Iguaçu, Marlene Fátima Revers, do Pros. Ela é investigada pela Câmara por supostos gastos excessivos na compra de bolos e salgados.

Entre setembro de 2017 e julho do ano passado, foram mais de 270 mil reais com a compra de quase seis toneladas e meia de bolo, além de mais de 36 mil reais com salgadinhos para reuniões do Conselho Municipal de Assistência Social.

A denúncia indica ainda que houve meses em que a prefeitura chegou a pagar 300 quilos de bolo para um conselho formado por apenas cinco integrantes.



Relacionados

Política | 18-07-2019 20:50

Jucá vira réu na Lava Jato por suposta propina de R$ 1 milhão

Jucá vira réu na Lava Jato por suposta propina de R$ 1 milhão

Curitiba | 18-07-2019 18:05

Assembleia participará de um projeto de acolhimento familiar

Assembleia participará de um projeto de acolhimento familiar

Política | 18-07-2019 17:50

Lava Jato recupera mais R$ 67 mi no exterior

Lava Jato recupera mais R$ 67 mi no exterior

Medianeira | 18-07-2019 16:41

TSE vai realizar mutirão para cadastramento biométrico

TSE vai realizar mutirão para cadastramento biométrico

PUBLICIDADE