Justiça nega pedido de Boca Aberta e mantém sessão de julgamento no domingo

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 14/10/2017 às 12:55

Imagem: TV Tarobá

O Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná negou o agravo de instrumento protocolado pela defesa do vereador Emerson Petriv, o Boca Aberta, que pedia a suspensão da sessão de julgamento que pode resultar na cassação do seu mandato.

O argumento do vereador, rejeitado pelo TJ neste sábado (14), é o de que a Comissão Processante responsável por investigar Boca Aberta não cumpriu o prazo legal para finalizar os trabalhos.

Com a decisão, fica mantida a sessão de julgamento programada para começar às 8h deste domingo (14) na Câmara de Vereadores. Para o afastamento definitivo do cargo, serão necessários os votos favoráveis de pelo menos dois terços dos 19 vereadores, ou seja, 13 votos.



Relacionados

Política | 07-10-2018 22:10

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Política | 07-10-2018 22:10

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Política | 07-10-2018 22:10

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Política | 07-10-2018 22:05

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

PUBLICIDADE