Lava Jato prende ex-secretário de Eduardo Paes

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 03/08/2017 às 07:25

A Polícia Federal cumpre mandados na manhã desta quinta-feira, 3, em mais um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio. Foi preso em sua casa, na zona oeste da capital fluminense, Alexandre Pinto, ex-secretário de Obras do prefeito gestão Eduardo Paes (PMDB).

A investigação da força-tarefa do Ministério Público Federal, no Rio, mira fraudes praticadas na gestão municipal nesta nova fase da operação. No dia 25 de julho, o Conselho Superior do Ministério Público Federal prorrogou por mais seis meses a atuação dos procuradores da Lava Jato no Rio. A medida começou a valer a partir de 9 de junho deste ano.

Os procuradores vão continuar se dedicando exclusivamente às investigações sobre corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Lava Jato, no Rio, já havia se debruçado sobre desvios na Eletronuclear e na administração do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).



Relacionados

Política | 19-08-2018 08:20

Morre Sergio Mauad, defensor dos direitos individuais e da livre-iniciativa

Morre Sergio Mauad, defensor dos direitos individuais e da livre-iniciativa

Política | 18-08-2018 21:03

Para Marina, armar população é transferir responsabilidade do Estado

Para Marina, armar população é transferir responsabilidade do Estado

Política | 18-08-2018 20:45

Renato Casagrande lidera no ES com 54% das intenções de voto

Renato Casagrande lidera no ES com 54% das intenções de voto

Política | 18-08-2018 20:45

Meirelles diz que Alckmin deve aprender a respeitar a lei

Meirelles diz que Alckmin deve aprender a respeitar a lei

PUBLICIDADE