Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Moradores reclamam da imprudência dos motoristas na área central

15/11/23 às 12:32 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Os flagrantes das conversões irregulares, na alça de acesso à Avenida Dez de Dezembro, são tão grandes que nossa equipe não precisou ficar muito tempo no cruzamento para constatar os fatos.


Os caminhões carregados cruzam a preferencial sem parar, um carro entra na contramão, faz uma manobra e, por pouco, não ocorre uma colisão.


Mesmo com a câmera filmando o motorista do carro preto não se importa em fazer o retorno de forma irregular, sem se preocupar se um outro veículo estaria indo no sentido contrário.

Leia mais:

Imagem de destaque
CAPOTAMENTO

Jovem é ejetado após carro capotar por diversas vezes na BR-163 em Santa Maria

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Motorista perde controle da direção e capota na BR-277 em Santa Tereza do Oeste

Imagem de destaque
SAIBA ONDE

Dois novos radares estão instalados em fase de testes em Londrina

Imagem de destaque
VEJA VÍDEO

Semáforo inoperante na Av. Higienópolis com a Rua Pio XII causa confusão


O movimento, no entroncamento das ruas Peru, Colômbia, Panamá e Bolívia tem preocupado os moradores da região que, há meses, pendem providências.


Protocolos já foram feitos junto a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e o Instituto de Pesquisas e Planejamentos Urbano (Ippul), no sentido de encontrar uma solução que evite acidentes no local.


Seo Juscelino Ramos Sobrinho, comerciante, mora há 40 anos no mesmo lugar e, agora, devido ao grande fluxo de veículos, disse que, às vezes, tem dificuldades para sair ou chegar em sua casa.


O problema se agravou depois que a prefeitura criou a alça de acesso à Avenida Dez de Dezembro para Vila Brasil.


A quantidade de veículos passando por ali aumentou em mais de 100%. 


Quem depende do transporte público tem dificuldades para cruzar o local, pois o ponto de ônibus fica do outro lado da pista.


Eduardo Ramos, representante comercial, ralata que "as pessoas atravessam para pegar o ponto de ônibus, para ir para a escola, para ir ao mercado (...) e nós, moradores do bairro, temos essa dificuldade de travessia porque a sinalização é fraca, não há uma lombada redutora alta o suficiente para impedir a alta velocidade".


Outra questão é a velocidade:


Os carros descem a Rua Peru, ou sobem a Rua Colômbia, acima do limite permitido na via.


Dona Mariza Benatti, disse que tem dificuldades até para ir na casa de uma amiga que mora do outro lado da rua. Ela ainda comentou que os moradores foram atrás das autoridades, mas nada, ainda, foi feito:


"a gente vai atrás da CMTU e eles, simplesmente, falam que aqui não tem movimento suficiente, entendeu? Só que tem uma coisa: vão esperar alguém morrer? Vão esperar um carro bater, uma moto, qualquer coisa? Já aconteceram alguns acidentes aqui, então eu acho que a gente tem que resolver o problema antes de acontecer. Não tem que esperar".

© Copyright 2023 Grupo Tarobá