Saiba a diferença entre intolerância e alergia alimentar

Redação Tarobá News
17/04/2019 11:11

Neste vídeo de uma forma dinâmica e diferente falamos sobre a diferença entre a intolerância e alergia alimentar. Entrevistamos a nutricionista Adriana Thomazine.

E você sabia que ser obrigado a maneirar em um alimento ou a cortá-lo de vez do cardápio vem se tornando uma realidade para cada vez mais pessoas? E apesar de alguns de seus sintomas se confundirem, intolerância e alergia alimentar têm origens diferentes e cada um demanda cuidados específicos.


O que é alergia alimentar?

Na alergia, o organismo encara proteínas específicas de um alimento como inimigas e envia células de defesa para barrá-las. Nesse mal-entendido, o corpo acaba agredido. Inchaço nos lábios, coceira, tosse, falta de ar e diarreia estão entre as manifestações que aparecem após a ingestão.

Intolerância alimentar?

A intolerância é uma desordem completamente diferente, a começar pela causa: a carência de uma enzima que processaria certo nutriente. Os efeitos da intolerância chegam a demorar horas (ou dias) para se manifestar e ficam quase restritos ao aparelho digestivo – dor de barriga, gases, enjoo… Ao contrário da alergia, esse tipo de transtorno até permite consumir um pouco da substância não tolerada, desde que com orientação.

Os causadores de alergia: Peixes e frutos do mar, ovo, trigo, amendoim, castanhas, leite e seus derivados. Causadores da intolerância: leite e seus derivados, grãos com glúten, banana, frutas cítricas, carnes processadas, repolho, vinho tinto e produtos com corantes.

Tratamento de Alergia alimentar

O único tratamento comprovadamente eficaz para uma alergia alimentar é evitar o alimento desencadeador da reação. Consulte seu médico se achar que apresentou uma reação alérgica a algum alimento, mesmo que tenha sido apenas uma reação local. Qualquer pessoa diagnosticada com alergia alimentar deve sempre carregar consigo (e saber como usar) a epinefrina injetável. Se você apresentar qualquer tipo de reação grave ou distribuída por todo o corpo logo depois de comer o alimento que causa alergia, injete a epinefrina. Em seguida, vá para o hospital ou pronto-socorro mais próximo.

Tratamento para intolerância alimentar

O tratamento para intolerância alimentar consiste em retirar da alimentação todos os alimentos que não sejam corretamente digeridos pelo indivíduo. Além disso, em alguns casos pode ser possível o paciente ingerir remédios com enzimas que ajudem a digerir os alimentos a que são intolerantes.

Reportagem Especial: Patrícia Sonsin