Sexta-feira 13 terá Lua cheia pela primeira vez em duas décadas

Estadão Conteúdo
Brasil | Publicado em 13/09/2019 às 10:46

A sexta-feira 13 sempre foi recheada de mistérios e um prato cheio para aqueles mais "cabalísticos". Algumas pessoas já se programam para a data enigmática e preferem evitar situações de azar. Outras, acreditam na sorte. Imagine se, em uma sexta-feira 13, a Lua cheia brilhar no céu? É exatamente isso que ocorrerá nesta sexta, em uma coincidência que não era registrada há quase duas décadas.

A última vez que o satélite natural surgiu nesta data foi em 13 de outubro de 2000. De acordo com informações da Nasa, agência espacial norte-americana, a Lua aparecerá cheia até domingo. E o ano de 2019 pode reservar ainda mais surpresas: o dia 13 de dezembro cairá em uma sexta-feira. E também será noite de Lua cheia.

Há décadas, estudiosos investigam a influência do satélite natural da Terra em nossas vidas, do corte de cabelo, passando pelo sono, até o ciclo de fertilidade das mulheres.

Especialistas dizem que o calendário biodinâmico, que inicialmente era usado para aconselhar os agricultores nas plantações, seria capaz de concluir qual dia é ideal para a colheita das uvas. Na astrologia, há quem diga que, quando a Lua passa pelos signos de Sagitário, Leão e Áries, a produção pode tornar o vinho mais saboroso.



Relacionados

Brasil | 20-09-2019 07:46

MEC não apoia proposta que prevê 40% de recursos da União ao Fundeb

MEC não apoia proposta que prevê 40% de recursos da União ao Fundeb

Brasil | 20-09-2019 07:35

Salles anuncia plano com BID para criar novo fundo para a Amazônia

Salles anuncia plano com BID para criar novo fundo para a Amazônia

Brasil | 19-09-2019 17:35

Vale é condenada a pagar R$ 11,8 mi a familiares de vítimas de Brumadinho

Vale é condenada a pagar R$ 11,8 mi a familiares de vítimas de Brumadinho

Brasil | 19-09-2019 16:55

Número de ingressantes em graduação presencial é o menor desde 2011; EAD triplica

Número de ingressantes em graduação presencial é o menor desde 2011; EAD triplica

PUBLICIDADE