Alta mais branda de mão de obra desacelera inflação da construção

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 15/08/2019 às 09:16

O aumento mais brando no custo da mão de obra desacelerou a inflação da construção dentro do Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) de agosto, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-10) subiu 0,35% em agosto, após uma elevação de 1,08% registrada em julho.

O Índice que representa o custo de Materiais, Equipamentos e Serviços passou de uma alta de 0,06% em julho para um aumento de 0,24% em agosto. Os gastos com Materiais e Equipamentos avançaram 0,22% em agosto, enquanto os custos dos Serviços tiveram elevação de 0,32% no mês.

Já o índice que representa o custo da Mão de Obra cresceu 0,44% em agosto, depois de um avanço de 1,97% em julho.



Relacionados

Economia | 24-08-2019 22:17

Reino Unido: Primeiro-ministro diz que acordo comercial com EUA 'não será fácil'

Reino Unido: Primeiro-ministro diz que acordo comercial com EUA 'não será fácil'

Economia | 24-08-2019 14:55

'Todos ministros têm ingerência minha', diz Bolsonaro sobre Moro

'Todos ministros têm ingerência minha', diz Bolsonaro sobre Moro

Economia | 24-08-2019 10:34

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 35 milhões neste sábado

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 35 milhões neste sábado

Curitiba | 24-08-2019 10:32

BRDE apresenta resultados de iniciativas ligadas à inovação

BRDE apresenta resultados de iniciativas ligadas à inovação

PUBLICIDADE