Agente de endemias é demitido por fraudar documentos

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 11/10/2019 às 15:09

A corregedoria do município abriu processo administrativo disciplinar contra um agente de endemias que teria fraudado documentos para fundar um sindicato.

De acordo com Alexandre Trannin, corregedor-geral de Londrina, as investigações começam em 2017. Após denúncia anônima, foi aberta uma sindicância que apurou que o servidor praticou atos ilícitos graves com o objetivo de criar um sindicato para agentes de endemias e agentes comunitários de saúde por meios fraudulentos, utilizando atas com informações e assinaturas falsas.

O servidor era concursado e foi demitido no dia 7 de outubro; não cabe mais recursos na esfera administrativa. Esta é o décimo caso de exoneração no ano de 2019 na prefeitura de Londrina.

Reportagem: Larissa Trevisan



Relacionados

Paraná | 14-10-2019 16:15

Paraná será área livre de febre aftosa

Paraná será área livre de febre aftosa

Curitiba | 14-10-2019 14:57

Projeto Mãos Amigas já garantiu melhorias em mais de 600 escolas

Projeto Mãos Amigas já garantiu melhorias em mais de 600 escolas

Francisco Alves | 14-10-2019 13:22

Em 60 dias, Município de Francisco Alves deverá atualizar dados de pessoal

Em 60 dias, Município de Francisco Alves deverá atualizar dados de pessoal

Paraná | 14-10-2019 11:41

Estiagem prolongada coloca Sanepar em alerta no Sudoeste

Estiagem prolongada coloca Sanepar em alerta no Sudoeste

PUBLICIDADE