Como manter as crianças hidratadas no verão

Redação Tarobá News
13/01/2020 08:40

O verão, que teve início em dezembro de 2019 e se estende até março, é uma das épocas do ano mais esperadas tanto por adultos quanto por crianças. Afinal, é momento de férias escolares, a família se reúne mais e as crianças têm a possibilidade de brincar mais fora de casa, curtindo ao ar livre, praias e piscinas.

No entanto, o verão exige mais cuidado com a hidratação dos pequenos. Com o calor em excesso, a sede tende a aumentar e, consequentemente, a desidratação também, visto que há uma perda maior de líquido devido à transpiração. E, com as brincadeiras, as crianças dificilmente se lembram de tomar água - os pais precisam se atentar a isso para suprir essa necessidade e lembrá-los de beber água com frequência. Ainda, é válido também oferecer sucos naturais, ao invés de refrigerantes e sucos industrializados, pois essas bebidas são ricas em açúcar e sódio e acabam contribuindo ainda mais para a desidratação do corpo, mesmo que de forma indireta.

Além do consumo de água, a alimentação também é um pilar importante para manter as crianças realmente hidratadas. O consumo de frutas e verduras é sempre necessário, mas nessa época do ano são essenciais contra a desidratação, já que são alimentos ricos em vitaminas e minerais.

Como identificar que uma criança está desidratada?

As crianças e bebês são mais propícios à desidratação do que adolescentes e adultos, porque perdem fluidos corporais com muito mais rapidez. No entanto, existem alguns aspectos que são capazes de demonstrar se uma criança está desidratada ou não, facilitando o diagnóstico.

Olhos fundos, diminuição da frequência urinária e coloração alterada, lábios rachados, pele e boca seca, irritabilidade ou apatia, cansaço em excesso e sonolência são alguns dos sintomas que indicam a desidratação. Se os sintomas persistirem, o ideal é procurar ajuda profissional.

Outros cuidados no verão

Outro aspecto importante no verão é a proteção contra os raios de sol. Por isso, use e abuse dos filtros solares com alta proteção sempre que for sair com a criança e ela ficar exposta ao sol.


Dentro de casa, umidificadores de ar também são grandes aliados contra problemas respiratórios. Além disso, para deixar o ambiente mais arejado, ligar o ventilador ou o ar-condicionado inverter também é uma boa alternativa, deixando o local com uma temperatura confortável e sem oscilações de calor.