Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

O parente mais suave das abóboras

28/08/18 às 17:06 - Escrito por Olga Bongiovanni
siga o Tarobá News no Google News!

Chuchu (Sechium edule), Machuchu, Coxixe, Machite, Maniche, Pepinela ou Chayote

Trepadeira nativa da América Central disseminada pelos povos Astecas desde os tempos pré-colombianos. Pertence a mesma família (Cucurbitáceas) da Abóbora, do Melão, da Melancia e do Pepino.

Produz frutos com cascas variando do verde amarelado ao verde bem escuro, são ricos em fibras, pobres em calorias, sabor suave e de fácil digestão. É uma boa fonte de fibras, de vitaminas A, B, C, E e minerais.

Leia mais:

Imagem de destaque
{{text.value}}

Etiqueta: um universo de possibilidades a seu favor

Imagem de destaque
{{text.value}}

Já pensou comer cebola logo cedo? Ou tomar cerveja ao invés de café?

Imagem de destaque
{{text.value}}

Pandemia: as regras de etiqueta com a retomada dos eventos

Imagem de destaque
{{text.value}}

Etiqueta pelo mundo; conheça regras e boas maneiras de cada país

Além dos frutos, as folhas, as raízes (tuberosas, muito ricas em amido) e os brotos do Chuchu são comestíveis.

Fácil de cultivar, basta deixar que o fruto comece a brotar e depois enterrar grande parte dele numa cova com terra fofa, em pouco tempo suas ramas se espalham. Após surgirem as flores pequenas em poucos dias os frutos aparecem e crescem bem rápido. Um pé tem bastante produtividade ao longo do ano, é recomendável criar um esteio ou pérgula para se espalhar de maneira mais controlada

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá