Linha 4

Publicidade

Vila Triolé Cultural promove podcast “Avós do Brasil”

Redação Tarobá News

A Vila Triolé Cultural, a fim de dar continuidade às suas atividades artísticas, está promovendo, desde o dia 22 de maio, o projeto “Avós do Brasil”. A iniciativa aborda a produção de podcasts, com o intuito de propagar apenas notícias consideradas boas para o público. Os episódios são divulgados toda segunda, quarta e sexta-feira, por volta das 8h, em diversas plataformas de áudio. 

Até o momento o projeto conta com seis podcasts, com duração média de 15 minutos cada. Toda a construção do material, que envolve desde a busca por pautas até a locução e publicação de cada episódio, é efetuada pelos palhaços profissionais, Gerson Bernardes, Juliana Galante (Palhaça Adelaide) e Alexandre Simioni. “A nossa ideia é trazer frescor, respiro e uma boa energia para quem, por acaso, venha nos ouvir. Claro que isto não tem como objetivo alienar as pessoas do que está acontecendo, tanto em Londrina como no mundo. O objetivo é justamente dar um ar de esperança para a população. Não é também uma atividade de palhaçaria, mas isso está presente no bom humor e nas boas notícias que iremos contar”, disse Bernardes, que além de ser um dos organizadores da iniciativa é gestor cultural da Vila Triolé.

Interessados em conferir todos os lançamentos do projeto podem acessar os podcasts, através das diversas plataformas de áudio disponibilizadas em rede: Spotify; Deezer; Google Podcast; Anchor; Breaker; PocketCasts; e Radiopublic.Às segundas-feiras os conteúdos possuem sempre uma temática estabelecida. Nesta última (1), por exemplo, o projeto tratou de boas notícias relacionadas a animais e meio ambiente. Na próxima a abordagem será acerca de livros. Já às quartas o programa, normalmente, relembra algo do passado. No episódio que foi ao ar hoje (3) a proposta teve como objetivo enfatizar os 30 anos da Rádio UEL. Por fim às sextas-feiras há a publicação de assuntos recomendados para o público.

De acordo com Bernardes, o projeto “Avós do Brasil” ainda faz uma analogia com o programa de rádio estatal “A Voz do Brasil”, que é apresentado de segunda a sexta-feira em todas as emissoras radiofônicas do país. “A iniciativa começou com a brincadeira da ‘Voz do Brasil’. Porém aqui nós somos os avós. A proposta é trazer notícias de conforto em tempos difíceis de isolamento social. Pensamos que quem faz isso para a gente são os nossos avós. Nas chamadas de cada quadro, portanto, colocamos pessoas de mais idade das nossas famílias para falar alguma coisa. A ideia é ter uma pequena participação deste público, mas não necessariamente será um programa que aborde apenas pessoas idosas”, frisou.

(N.Com)

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.