Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Inglaterra dá o primeiro passo para banir os cigarros do país

18/04/24 às 08:55 - Escrito por Band
siga o Tarobá News no Google News!

Os britânicos chamam de 'a lei mais rígida do mundo' contra o tabaco. Na prática, pessoas nascidas a partir de 2009, que atualmente possuem 15 anos, não poderão mais comprar cigarro no país pelo resto da vida.


A intenção do governo é criar a primeira geração livre do tabaco e erradicar o fumo entre os jovens a partir de 2040. Apesar do cerco ao cigarro convencional, a lei não traz restrições para cigarros eletrônicos, muito mais utilizados pelos adolescentes. A venda deles continuará permitida e haverá apenas algumas restrições quanto à propaganda dos produtos.


Parte dos parlamentares, inclusive alguns aliados do premiê Rish Sunak, é contra a medida. Os principais argumentos são: não cabe ao Estado decidir o que o cidadão deve ou não fazer e o risco de aumentar a venda de cigarro no mercado paralelo.

Leia mais:

Receita Federal libera consulta a restituição do imposto de renda
IMPOSTO DE RENDA

Começa nesta quinta-feira consulta ao lote de restituição do IRPF

Imagem de destaque
ENCHENTE HISTÓRICA

Comerciantes de Porto Alegre levam dias só para limpar lojas

Imagem de destaque
DÍVIDAS ATÉ R$ 20 MIL

Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Imagem de destaque
PARCELA DE MAIO

Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2


Por ano, 80 mil pessoas morrem na Inglaterra em decorrência do vício ao tabaco. A cada minuto, um paciente dá entrada no hospital por complicações ligadas ao tabagismo, como infartos, derrames e hipertensão. Além disso, os custos para o sistema público saúde superam os impostos arrecadados pelo governo com a venda de cigarros.


Na primeira votação, o projeto teve 383 votos a favor, 67 foram contrários e 200 se abstiveram. Como tem o apoio maciço da oposição trabalhista, a expectativa é de que a proposta seja aprovada em definitivo até o fim do ano. Os estabelecimentos que não seguirem a regra, terão que pagar multa de 100 libras, o equivalente a mais de R$ 600.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá