Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Santa Catarina registra quase cinco incêndios florestais por dia em 2017

28/07/17 às 20:50 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

A combinação de baixa umidade do ar, frio e estiagem faz com que o Estado de Santa Catarina já acumule 1.006 focos de incêndios florestais desde o início do ano até esta sexta-feira, 28. A média é de quase cinco por dia. O levantamento foi realizado pela Diretoria de Tecnologia e Informação do Corpo de Bombeiros Militar.

A maior quantidade foi observada entre os dias 21 e 28 de julho, quando os 14 batalhões catarinenses registraram 206 ocorrências. As regiões mais afetadas foram as de Chapecó e de Xanxerê, no extremo oeste do Estado.

O Corpo de Bombeiros de Santa Catarina afirma que o grande número de incêndios está ligado à ação humana e a fatores climáticos, como a onda de frio e a estiagem que atingiram o Estado e mataram boa parte da vegetação. A baixa umidade do ar agrava a situação por facilitar a propagação do fogo.

Leia mais:

Imagem de destaque
EM MOSSORÓ

Relatório do Ministério da Justiça aponta que não houve corrupção em fuga de presos em Mossoró

Imagem de destaque
APÓS ACIDENTE

Dono de Porsche que matou motorista é indiciado por homicídio doloso

Imagem de destaque
68% DOS BRASILEIROS

Pesquisa mostra desconhecimento sobre gravidade das gripes

Imagem de destaque
SEGUNDO JORNAL

Princesa Kate foi obrigada a revelar câncer após diagnóstico vazar

Outras regiões

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que de 1º de maio a 25 de julho pelo menos 10 capitais brasileiras enfrentaram períodos de estiagem e somam mais de 45 dias sem chuva. São elas: Teresina, Palmas, Cuiabá, Brasília, Goiânia, Belo Horizonte, Florianópolis, Campo Grande e Porto Velho.

As piores capitais nesse quesito são Teresina, que não registra chuvas há 84 dias, e Palmas, há 73 dias sem precipitações, segundo o Inmet. "Em meio a este cenário, as únicas exceções em relação à estiagem estão ocorrendo no norte da Região Norte e na faixa litorânea da Região Nordeste", diz a nota.

A cidade de São Paulo completa nesta sexta-feira 45 dias sem chuva e o mês já é o mais seco desde 2008, diz o instituto. A situação não é diferente no interior do Estado, que teve mais de 1.200 queimadas neste ano, contra 1.569 em 2016, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

© Copyright 2023 Grupo Tarobá