Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Família de Nycolas pede justiça após médicos serem indiciados por negligência

21/02/24 às 21:33 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

Após a investigação conduzida pela Polícia Civil concluir que houve negligência médica e erro de diagnóstico, que causaram a morte Nycolas Ronald Dias, de 22 anos, a família pede por justiça.

 

O jovem morreu no dia 23 de outubro do ano passado, na UPA do Jardim do Sol. Ele estava acompanhado da namorada, Andressa Cristine Fonseca, e foi até a unidade dois dias seguidos com problemas respiratórios, onde não resistiu e morreu.

Leia mais:

Imagem de destaque
MAIS DOIS MESES

Obra de recape da Avenida Dez de Dezembro recebe novo termo aditivo de prazo

Imagem de destaque
DENGUE

Morre criança de Ortigueira que contraiu dengue e pneumonia

Imagem de destaque
ATENÇÃO

Palestra orienta idosos sobre como agir em casos de golpes

Imagem de destaque
SOLIDARIEDADE

Reinaldo utiliza próprio veículo para levar doações a quem mais precisa

 

Emocionada, Andressa lembra dos sonhos de Nycolas e conta que juntos queriam construir uma família e ele trabalhar como barbeiro. “A gente ia casar. Ele queria muito ter um filho. Nada disso aconteceu, nem vai acontecer”, lamenta a namorada.

 

Já Thais Karina da Silva não consegue conter as lágrimas ao lembrar do irmão. Ela conta que viu a vida desmoronar quando recebeu a notícia da morte de Nycolas. “A cada dia que passa a saudade machuca e a gente vai tendo a certeza de que não vai ver ele.”

 

Os dois médicos que atenderam o jovem foram indiciados por homicídio culposo, quando não há intenção matar.

 

A Secretaria de Saúde de Londrina formou uma comissão com três médicos para analisar o caso. Segundo o advogado da família, Diego Silva, todos concluíram que o diagnóstico dado a Nycolas estava incorreto. “Foi constado que o Nycolas estava com pneumonia e um derrame pleural, porém ele estava com pneumotórax e os tratamentos são diferentes. Isso levou o levou à morte”, explicou o advogado.  

 

 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá