Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Fios soltos em postes representam perigo para moradores do Gralha azul em Cascavel

09/08/22 às 08:58 - Escrito por Redação Tarobá News

Moradores da rua Henfil no conjunto Gralha Azul reclamaram da situação de fios frouxos e soltos nos postes. 


Uma situação que provocando medo nos moradores, já que em que alguns pontos fica difícil até para passar. São diversos fios nos postes de energia em locais onde circulam várias crianças.


Nossa equipes de jornalismo foi ao local verificar a situação.


A Copel emitiu uma nota sobre o caso:


Sobre os cabos de telefonia pendurados nas ruas Henfil e Clodoaldo Ursulano, em Cascavel, a Copel informa que vai notificar as empresas responsáveis para que regularizem a situação. 


A companhia esclarece que o compartilhamento de postes segue disposições de regulamentação das agências reguladoras ANEEL e ANATEL, que estabelece a responsabilidade de manutenção aos ocupantes, ou seja, às operadoras de telefonia. Cabe às empresas que utilizam os postes da Copel manter em condições de segurança suas redes e dentro da regulamentação ABNT via NBR 15688, que dispõe da altura dos cabos (5 m na travessia de ruas e avenidas). A Copel atua de forma complementar, realizando inspeções nas redes de distribuição ou mediante denúncias. Nos casos que chegam ao conhecimento da empresa, seja por reclamação de consumidores, inspeção ou outros meios, os ocupantes são notificados para regularização.  


Para buscar o uso correto dos postes de energia pelas empresas de telecomunicações, a Copel também está realizando o levantamento, nas maiores cidades do Estado, da situação de todas as suas estruturas compartilhadas com as telefônicas. Em Cascavel, este levantamento terminou no final de maio. Desde então, a empresa está notificando todas as empresas de telefonia para que coloquem em ordem os cabos irregulares. Este processo deve levar em torno de um ano. Além disso, ainda em Cascavel, a Copel faz parte de um grupo de trabalho que envolve diretamente a Prefeitura Municipal, a Câmara de Vereadores e as empresas de telefonia para que todas as situações com cabos de telecomunicações que apresentem risco à população sejam imediatamente notificadas e corrigidas pelas telefônicas.


Confira a reportagem completa. 


© Copyright 2022 Grupo Tarobá