Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Homem que arrastou motociclista na zona sul deve passar por júri popular

05/12/23 às 11:39 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

A Justiça acatou o pedido do Ministério Público e Jamildo Assis Junior, que atropelou um motociclista na Avenida Ayrton Senna, na zona sul de Londrina, deve ser julgado em júri popular. O caso aconteceu em 21 de outubro do ano passado e a vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.


Testemunhas contaram que o motorista teria discutido com a vítima e em seguida, teria jogado o veículo contra a motocicleta e arrastado o homem por vários metros, o deixando sem prestar socorro. Posteriormente, Jamildo foi abordado por populares na Rua João Wyclif com a Rua Cayena, ali teria sido espancado.


A agenda dos julgamentos devem ser feitas a partir do ano que vem, por isso, o júri popular ainda não tem data marcada. O homem deve responder pelo crime de embriaguez ao volante e homicídio duplamente qualificado; a Justiça entendeu que o homem usou o carro como uma arma ao jogá-lo contra o motociclista.

Leia mais:

Imagem de destaque
TRÂNSITO

Após perseguição, homem é preso por tráfico de drogas no bairro Floresta

Imagem de destaque
CONFIRA

Cultura divulga classificação final de edital de Projetos Independentes do Promic

Imagem de destaque
VEJA O VÍDEO

Câmeras registram forte acidente no bairro Santo Onofre em Cascavel

Imagem de destaque
VÍTIMA TAMBÉM FOI OUVIDA

Menor envolvido em acidente na Avenida JK presta depoimento e diz que não bebeu


A defesa de Jamildo Assis Junior diz que o ocorrido foi um acidente. 


© Copyright 2023 Grupo Tarobá