Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Linha férrea provisória é construída em local de acidente entre trem e carreta

19/02/24 às 20:32 - Escrito por Redação Tarobá News
siga o Tarobá News no Google News!

 

Ainda nesta segunda-feira (19), mais de 24 horas após o acidente com um trem, em Rolândia, o maquinário permanecia no mesmo local onde ficou após o impacto. O trabalho estava concentrado em fazer uma linha férrea provisória para que outros trens, que seguem parados em cidades da região, como Londrina, Cambé e Apucarana, pudessem passar.

 

Leia mais:

Imagem de destaque
TEMA DE REUNIÃO

Apucarana receberá um museu dedicado à história do boné e do vestuário

Imagem de destaque
OPORTUNIDADES

Apucarana anuncia cursos na área têxtil em projeto que dá direito a bolsa

Imagem de destaque
2.800 INSCRITOS

Prova do teste seletivo para professores municipais será realizada no domingo

Imagem de destaque
LEVADO PARA O HE

Trabalhador de 70 anos cai de cerca de dois metros em obra e convulsiona

Um maquinário responsável por fazer o nivelamento da linha, que possui cerca de 190 toneladas, está sendo usado no local e só depois que os outros trens passarem, será retirado. Para isso, serão necessários dois guindastes, um de cada lado.

 

Para garantir a segurança da população, foi feito o isolamento entre a Avenida Presidente Getúlio Vargas e a Rua Alfredo Moreira Filho. O guindaste da empresa Rumo já está no local aguardando a liberação do serviço, mas a previsão é que este trabalho inicie somente na terça-feira (20).

 

Caminhão fura sinal e é atingido por trem

 

O acidente foi por volta de meio dia do último domingo (18). Imagens de câmeras de segurança registraram o momento da batida. Um dos flagras mostra que um caminhão fura o sinal vermelho e é atingido pelo trem. Com o impacto, o maquinário descarrilou e atingiu uma casa. Por sorte, ninguém sofreu ferimentos.

 

Moradores da região relatam transtornos que estão vivendo após o acidente. Muitos não consegue sair com o carro da garagem por conta da via bloqueada.  


O município de Rolândia afirma que segue pressionando a Rumo para que sejam instaladas cancelas nos trechos em que a linha cruza com ruas e avenidas da cidade, mas até o momento, não tiveram respostas. 

© Copyright 2023 Grupo Tarobá