30% das câmeras da prefeitura não funcionam ou têm problemas

Ticianna Mujalli
Cotidiano | Publicado em 23/04/2019 às 11:41

A Guarda Municipal de Londrina abriu processo de licitação para contratar uma empresa para recuperar as câmeras monitoramento espalhadas pela cidade. Segundo levantamento da secretaria de defesa social, das 360 instaladas, ao menos 30% não funcionam ou apresentam problemas.

Elas estão instaladas em praças, unidades de saúde, hospitais, espaços de lazer, escolas e outros locais com grande circulação de pessoas.

A vencedora da licitação terá que corrigir os problemas e dar manutenção nos equipamentos para evitar novas baixas. A empresa será conhecida na próxima sexta-feira (26) e ele deve receber até R$ 260 para realizar o serviço. “Tivemos perdas de câmeras por desgaste do tempo, queda de raio e curto-circuito onde a fiação foi furtada. Mas também há câmeras instaladas há seis anos que não receberam qualquer tipo de manutenção”, aponta o secretário de Defesa Social de Londrina, Pedro Ramos.

Ele aponta que não houve destinação de recursos anteriormente.

Além disso, o secretário conta que a prefeitura deve instalar outros 56 equipamentos em todas as regiões da cidade. A ação faz parte do que chamou de plano de segurança. Ramos adianta que uma empresa foi contratada para apontar os locais onde há necessidade de vigilância constante. “O projeto deve ser entregue até dia 9 de maio. Vamos avaliar pontos onde foram registradas ocorrências, como escolas, UBSs e órgãos públicos”, comenta.

Outra medida de segurança que deve ser implementada com foco nos prédios públicos. Está sendo feito um diagnóstico em todos os eles pra saber como as secretarias e servidores podem contribuir com a segurança. O objetivo é reduzir a possibilidade de crimes como furtos e roubos. Está sendo verificado, por exemplo, fechamento de janelas e portas até a instalação de alarmes ligados a central da guarda municipal. A expectativa é que esse levantamento termine no fim do ano.



Relacionados

Curitiba | 21-05-2019 17:05

Deputados questionam acordo de leniência com Rodonorte e pedem a revisão ou rescisão

Deputados questionam acordo de leniência com Rodonorte e pedem a revisão ou rescisão

Curitiba | 21-05-2019 17:03

Paraná é um estado de oportunidades para quem quer investir

Paraná é um estado de oportunidades para quem quer investir

Curitiba | 21-05-2019 17:02

Comec conhece experiência do Rio de Janeiro em elaboração do PDUI

Comec conhece experiência do Rio de Janeiro em elaboração do PDUI

Cascavel | 21-05-2019 16:41

Cancelamento do pagamento de insalubridade é suspenso

Cancelamento do pagamento de insalubridade é suspenso

PUBLICIDADE