Advogado da família Lagemann fala sobre investigações do acidente

Redação Tarobá News
Cotidiano | Publicado em 26/06/2019 às 11:44

Alexsander Beilner, advogado da família de Hari Lagemann, falou esta manhã sobre o caso do acidente em que vitimou o empresário. O fato aconteceu no dia 21 de abril, no alagado da Usina de Salto Caxias, em Boa Vista da Aparecida, quando um acidente entre lanchas deixou Hari gravemente ferido. Ele foi trazido para o Hospital Universitário de Cascavel com o helicóptero do Consamu. Mas morreu horas depois.

O advogado alega que o acidente se tratou de uma caso de dolo eventual, pois o condutor da outra lancha envolvida no acidente estava em alta velocidade, se tornando ciente dos riscos. Hari estava com outras três pessoas no momento em que foi atingido. Mas apenas ele teve ferimentos no abdômen. 

As testemunhas oculares do fato já foram ouvidas. Ainda conforme a defesa, o outro condutor já foi chamado para prestar depoimento quatro vezes, mas não compareceu. Hari era o principal provedor de sustento da família, por isso a defesa informou que a indenização deve ser alta, de R$ 3 a 5 milhões.

A Marinha está auxiliando nas investigações, as oitivas finais devem acontecer na próxima semana, o outro condutor envolvido no acidente será novamente chamado para prestar depoimento. 


Leia mais: Após acidente com lanchas, morre empresário Hari Lagemann

Acidente entre lanchas deixa duas pessoas feridas em Boa Vista



Relacionados

Cascavel | 18-07-2019 09:18

Estrutura do antigo Terminal Leste deve passar por reformas

Estrutura do antigo Terminal Leste deve passar por reformas

Cascavel | 18-07-2019 09:17

Despejo de lama e entulho revolta moradores do Santa Cruz

Despejo de lama e entulho revolta moradores do Santa Cruz

Cascavel | 18-07-2019 08:40

Bebê indígena morre com grave infecção

Bebê indígena morre com grave infecção

Foz do Iguaçu | 17-07-2019 17:13

Gastos com viagens dos funcionários da Itaipu diminuem 61%

Gastos com viagens dos funcionários da Itaipu diminuem 61%