Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

É hoje audiência de Uber acusado de estupro contra professora; defesa alega sexo consentido

20/03/19 às 10:32 - Escrito por Redação Tarobá News

Acontece na tarde desta quarta-feira (20), em Curitiba, audiência de instrução na acusação de estupro de um então motorista do aplicativo Uber contra a professora de inglês Amanda Goulart, de 27 anos, no fim de outubro de 2017. O Ministério Público do Paraná (MP-PR) ofereceu denúncia pelo crime de estupro mediante violência (de vulnerável) por parte do jovem de 26 anos, que nega essa versão e garante ter acontecido um sexo consentindo.

De acordo com a acusação de Amanda, o abuso sexual aconteceu no bairro Portão, quando a vítima pediu por uma corrida por volta das 2h. Segundo ela, apesar do trajeto ser de seis minutos, teria ficado uma hora rendida pelo abusador. A professora de inglês havia saído de uma despedida dos pais de amigos quando o estupro teria acontecido. Ela teria tomado garrafas de vinho e, segundo a acusação, o condutor se aproveitou da vulnerabilidade da vítima. Laudos confirmam que houve a relação sexual, já que Amanda era virgem antes de entrar no carro do motorista da Uber.

Leia matéria completa em : Banda B

© Copyright 2022 Grupo Tarobá