Entenda o que pode ter causado o desabamento do Fórum de Londrina

Murilo Pajolla
Cotidiano | Publicado em 16/05/2019 às 11:26

As causas exatas do desabamento do Fórum de Londrina ainda serão investigadas, mas os bombeiros que atenderam a ocorrência já têm ideia de como o incidente aconteceu. 

LEIA MAIS:

Segundo o tenente Budernik, o procedimento padrão em prédios que serão demolidos é iniciar os trabalhos pelos andares superiores, para que o peso seja sendo aliviado aos poucos. 

A suspeita é que uma das colunas de sustentação do Fórum não suportou o peso do maquinário que fazia esse trabalho no andar de cima. Com isso, os pisos foram caindo uns sobre os outros, até que houve o deslizamento lateral da estrutura, que já estava comprometida. 

Os escombros teriam então atingido as árvores, que por sua vez foram projetadas sobre duas pessoas que passavam pela via. Elas foram atendidas pelo Siate e encaminhadas à Santa Casa fora de risco. 

Foto: reprodução/redes sociais 

Três equipes da Copel, duas de construção de rede e uma de manutenção, trabalham nesta quinta-feira (16) para substituir oito postes danificados. Segundo a assessoria da Copel, o serviço deve ser concluído até o fim do dia. Na noite de ontem, cerca de 2 mil imóveis ficaram sem energia. 

O fornecimento de energia foi interrompido para quatro ligações, inclusive a que abastece a Prefeitura de Londrina, que está funcionando a base de gerador próprio. 

A construtora escolhida para realizar a obra é a JWA Construção e Comércio, de São Paulo. A equipe da TV Tarobá tentou contato com representantes da empresa, mas até a publicação dessa matéria nenhum posicionamento oficial foi emitido. 



Relacionados

Cascavel | 15-07-2019 13:15

Oito dias depois da geada, produtores de trigo calculam os prejuízos

Oito dias depois da geada, produtores de trigo calculam os prejuízos

Cascavel | 15-07-2019 13:08

Site da Vale Sim facilita cadastro e recadastro de estudantes

Site da Vale Sim facilita cadastro e recadastro de estudantes

Curitiba | 15-07-2019 12:30

Ex-presidentes da FAS são multadas por excesso de gastos com publicidade

Ex-presidentes da FAS são multadas por excesso de gastos com publicidade

Santo Inácio | 15-07-2019 12:29

Ex-prefeito e ex-presidente devem restituir R$ 11,8 mil a Santo Inácio

Ex-prefeito e ex-presidente devem restituir R$ 11,8 mil a Santo Inácio