Linha 4

Publicidade

Guarda Municipal realiza ação social para criança carente no distrito de Guaravera

Redação Tarobá News

Foto: Bruno Amaral/Defesa Social

Os agentes da Guarda Municipal Rural, grupamento responsável pelo patrulhamento preventivo e pela segurança dos prédios públicos municipais da zona rural de Londrina, receberam uma informação por parte de uma servidora da Unidade Básica de Saúde de do distrito de Guaravera, região sul, sobre um menino de oito anos que vive com o tio e passa por necessidades.

A servidora disse que durante uma conversa com a criança descobriu que ele queria uma bicicleta nova para poder brincar e ir para a escola, que fica a aproximadamente 1km de onde ele mora, junto com o tio.
Guardas municipais de folga se voluntariaram para fazer a pintura da casa da criança durante a última segunda-feira (14). Na parte da tarde as equipes de plantão foram até o local e realizaram a entrega dos presentes para o menino Rafael.

O supervisor da Guarda Rural, GM Ribeiro, visitou a casa do menino e resolveu fazer uma ação conjunta para ajudar. “Nós juntamente com outros guardas municipais nos mobilizamos para poder contribuir com essa criança. A casa dele estava bem deteriorada. Nós arrecadamos tinta para poder pintar as paredes, além vários móveis, roupas, comida entre outros objetos. Tudo que conseguimos, além da bicicleta nova, foram doações voluntárias dos agentes. Esperamos que ele se sinta bastante feliz com essa singela ajuda”, afirmou.
Gilson da Conceição, tio do menino, agradeceu a ajuda promovida pelos guardas. “Eu estou feliz com a ação da Guarda Municipal. Eu lavava a casa, mas não tinha dinheiro para comprar a tinta. A ajuda que recebemos do bolsa família mal da pra comprar comida. Com a pintura da casa, com as doações de roupas e alimentos nós vamos poder passar dias melhores”, agradeceu.

A equipe da Guarda Municipal, ao conhecer a criança, imediatamente fez contato com a rede de serviços para garantir a assistência especializada. Maria Lucimar Pereira, coordenadora do Cras Rural, elogiou a atitude dos guardas. “Essa família era atendia pelo Cras Rural e pelo conselho, porém quando recebemos a informação da Guarda Municipal nós concentramos os esforços – Conselho Tutelar e Cras – para avaliarmos as condições gerais dessa família. Identificamos que tem afeto, cuidado e proteção. Portanto, não há nada que compromete os cuidados do menino. É isso que a gente espera de todas as políticas, quando tiver alguma demanda para gente, tanto a guarda, educação, ou qualquer outra política pública é só nos procurar. Foi bem legal essa preocupação vinda dos agentes da Guarda Municipal”, informou.

A Guarda Municipal de Londrina realiza e participa de diversas ações sociais, de forma autônoma ou em conjunto com órgãos e entidades que trabalham em favor da comunidade londrinense. As ações têm como objetivo principal a criação de um laço entre a população e a instituição. A principal base do trabalho é o de Polícia Comunitária.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade