Produção do pré-sal sobe 4,6% em outubro ante setembro, diz ANP

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 02/12/2019 às 14:20

A produção da região do pré-sal deu um salto de 4,6% em outubro em relação a setembro, para 1,905 milhão de barris diários, impulsionada pela produção do campo de Lula, na bacia de Santos, que ultrapassou a marca de 1 milhão de barris. Em relação a outubro do ano passado, o crescimento da produção foi de 30,1%, segundo boletim da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado nesta segunda-feira, 2.

A produção total de petróleo atingiu 2,964 milhões de barris diários, alta de 1,3% contra o mês anterior e de 13,4% se comparada há um ano. A produção de gás natural subiu 2,1%, para 132 milhões de metros cúbicos por dia, volume 12,4% maior do que no mesmo mês do ano passado.

O Rio de Janeiro continua como maior Estado produtor, com 2,249 milhões de barris diários de petróleo, seguido por São Paulo, com 305,9 mil barris diários e Espírito Santo com 302 mil barris diários.

Os campos marítimos produziram 96,5% do total de petróleo do País, informou a ANP.



Relacionados

Economia | 05-06-2020 21:55

CNI já apoiou micro e pequenas indústrias a pedirem R$ 418 milhões em crédito

CNI já apoiou micro e pequenas indústrias a pedirem R$ 418 milhões em crédito

Economia | 05-06-2020 18:00

Dólar fecha abaixo de R$ 5,00 e tem maior queda semanal em 12 anos

Dólar fecha abaixo de R$ 5,00 e tem maior queda semanal em 12 anos

Economia | 05-06-2020 12:31

50% das empresas alemãs relatam adiamento de investimentos, diz instituto Ifo

50% das empresas alemãs relatam adiamento de investimentos, diz instituto Ifo

Economia | 05-06-2020 12:13

Argentina volta a limitar entrada de importados

Argentina volta a limitar entrada de importados