Produção industrial cresce em 5 de 15 locais pesquisados em outubro ante setembro

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 07/12/2018 às 10:40

Foto: Agência Brasil

A produção industrial cresceu em cinco dos 15 locais pesquisados na passagem de setembro para outubro, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta sexta-feira, 7, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com outubro de 2017, houve expansão em 11 dos 15 locais pesquisados. Na média geral, a indústria nacional subiu 0,2% em outubro ante setembro e 1,1% na comparação anual.

O Estado de São Paulo, maior parque industrial do País, registrou um recuo de 2,8% na comparação entre outubro de 2018 e outubro 2017, mas ficou estável em relação a setembro.

A queda mais intensa na comparação anual foi verificada em Goiás (-6,5%), seguida de Rio de Janeiro (-3,1%) e Mato Grosso (-3,0%).

Já a produção industrial do Rio Grande do Sul liderou os desempenhos positivos, com alta de 14,8%; Pará também se destacou, com elevação de 12,9%.

Também foram positivas as produções nos Estados de Santa Catarina (+7,8%), Bahia (+7,1%), Espírito Santo (+5,3%), Pernambuco (+4,7%), Amazonas (1,9%), Minas Gerais (1,8%), Ceará (+1,5%) e Paraná (+1,2%). A região Nordeste registrou alta de 2,6% em outubro contra outubro de 2017.



Relacionados

Economia | 25-05-2019 08:35

Projeto para atualizar valor do imóvel no IR tramita desde 2017

Projeto para atualizar valor do imóvel no IR tramita desde 2017

Foz do Iguaçu | 24-05-2019 20:03

Começa a seleção de trabalhadores para obra da nova ponte entre Brasil e Paraguai

Começa a seleção de trabalhadores para obra da nova ponte entre Brasil e Paraguai

Curitiba | 24-05-2019 19:38

Portos e Sebrae/PR discutem apoio a pequenas empresas

Portos e Sebrae/PR discutem apoio a pequenas empresas

Economia | 24-05-2019 18:20

Ibovespa recua 0,30% no dia, mas encerra semana com ganho de 4,04%

Ibovespa recua 0,30% no dia, mas encerra semana com ganho de 4,04%

PUBLICIDADE