Superávit comercial ajustado cai à mínima desde 2014 em julho na zona do euro

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 14/09/2018 às 07:14

O superávit comercial da zona do euro caiu a 12,8 bilhões de euros em julho, após ajustes sazonais, no menor patamar desde julho de 2014 e inferior ao resultado de 16,5 bilhões de euros de junho. Sem ajustes sazonais, o superávit caiu a 17,6 bilhões de euros, de 21,6 bilhões de euros em igual mês de 2017, ante expectativa de 25,5 bilhões de euros dos analistas.

O relatório oficial da agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, mostrou queda de 0,8% nas exportações de bens em julho ante o mês anterior. As importações, por sua vez, cresceram 1,3% no mês.

A Eurostat mostrou ainda que houve crescimento de 2,9% nos salários da zona do euro no segundo trimestre, na comparação anual, enquanto o desemprego recuava. A agência também informou que o salário médio por hora na zona do euro teve alta de 1,9% no segundo trimestre, na comparação com igual período de 2017. Fonte: Dow Jones Newswires.



Relacionados

Economia | 20-07-2019 09:55

Opção de saque do FGTS será 'reversível'

Opção de saque do FGTS será 'reversível'

Economia | 19-07-2019 18:15

Dólar vai a R$ 3,74 com perspectiva de corte menor de juros pelo Fed

Dólar vai a R$ 3,74 com perspectiva de corte menor de juros pelo Fed

Economia | 19-07-2019 15:40

Bolsonaro critica multa do FGTS em demissão sem justa causa

Bolsonaro critica multa do FGTS em demissão sem justa causa

Economia | 19-07-2019 13:50

Bolsonaro/FGTS: estamos acompanhando impacto do saque em programas habitacionais

Bolsonaro/FGTS: estamos acompanhando impacto do saque em programas habitacionais

PUBLICIDADE