Taxa de informalidade fica em 40,6% da população ocupada no tri até fevereiro

Estadão Conteúdo
Economia | Publicado em 31/03/2020 às 11:05

O Brasil alcançou uma taxa de informalidade de 40,6% no mercado de trabalho no trimestre até fevereiro, com 38 milhões de trabalhadores atuando como informais, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O trabalho por conta própria alcançou 24,477 milhões de brasileiros no trimestre encerrado em fevereiro. Em apenas um ano, o trabalho por conta própria ganhou a adesão de 766 mil pessoas.

O trabalho sem carteira assinada no setor privado somou 11,644 milhões de ocupados nessa situação. O emprego sem carteira no setor privado aumentou em 569 mil vagas em um ano, crescimento de 5,1%.

O setor público abriu 91 mil vagas em um ano, chegando a um contingente de 11,370 milhões de trabalhadores. Já o trabalho doméstico, em um ano, incorporou 41 mil pessoas ao contingente de 6,209 milhões de empregados.



Relacionados

Economia | 30-05-2020 09:01

Governo tem 48h para se manifestar sobre problemas no auxílio emergencial

Governo tem 48h para se manifestar sobre problemas no auxílio emergencial

Economia | 30-05-2020 08:16

Empresas se reúnem para buscar soluções para o pós-pandemia

Empresas se reúnem para buscar soluções para o pós-pandemia

Economia | 30-05-2020 08:10

O brasileiro e o momento econômico atual

O brasileiro e o momento econômico atual

Economia | 30-05-2020 08:02

'Só na 2ª metade da década teremos ritmo pré-covid', afirma Mario Mesquita

'Só na 2ª metade da década teremos ritmo pré-covid', afirma Mario Mesquita