Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Corinthians abre mão de multa de R$ 150 milhões e fica com dívida com Cássio

12/06/24 às 16:27 - Escrito por UOL
siga o Tarobá News no Google News!

O Corinthians liberou o goleiro Cássio, um dos maiores ídolos da história do clube, sem qualquer compensação financeira e ainda assumiu uma dívida de R$ 3 milhões.


Cássio tinha contrato com o Timão até dezembro de 2024, mas decidiu antecipar a quebra do vínculo para jogar no Cruzeiro. A multa rescisória para clubes brasileiros, neste caso, era de pouco mais de R$ 150 milhões, pois respeitava o critério de 2 mil vezes o valor do salário do atleta, conforme previsto em Lei.


O Corinthians aceitou o pedido de Cássio, que manifestou a vontade de trocar de equipe, e abriu mão de 100% do valor da multa rescisória, o que permitiu ao Cruzeiro levar o goleiro de graça.

Leia mais:

Imagem de destaque
APESAR DA VITÓRIA

Técnico do Corinthians vê erros e diz que pode fazer mudanças

Imagem de destaque
"DEVE PEDIR DESCULPAS"

Autoridade argentina cobra Messi por cântico racista após final

Imagem de destaque
NA INTERNET

Pessoa é condenada a prisão por racismo contra Vini Jr. e Rüdiger

Imagem de destaque
SEGUNDO JORNALISTA

Richard Ríos, do Palmeiras, desperta interesse de clubes ingleses


A diretoria corintiana também não abateu os valores devidos pelo clube ao jogador, neste caso, R$ 3 milhões. Essa dívida não foi perdoada, tampouco usada como compensação pela liberação imediata e gratuita à Raposa.


No acordo assinado pelo presidente Augusto Melo, o Corinthians assumiu o pagamento de R$ 1.398.993,45, relacionado a verbas rescisórias ordinárias, salário, férias e 13º salário. O clube se comprometeu pagar a Cássio em 12 parcelas de R$ 116.582,78 sob previsão de pena do valor total ser executado na hipótese do clube atrasar três parcelas seguidas.


Outra dívida do Corinthians com Cássio refere-se aos débitos no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Neste caso, o clube se comprometeu a sanar uma pendência de R$ 1.611,000,00 e acordou o pagamento em 12 parcelas de R$ 134.250,00, com prazo máximo para o depósito do valor integral estipulado para 31 de dezembro de 2025.


Pelo Corinthians, Cássio jogou 712 partidas em 12 anos, conquistou nove títulos e entrou para a história do clube.


O substituto de Cássio no gol alvinegro foi Carlos Miguel, mas o goleiro já avisou aos dirigentes do Corinthians que não seguirá no clube a partir de julho, na abertura da janela de transferências. O destino do atleta será o Nottingham Forest, da Inglaterra, que promete pagar a multa rescisória de 4 milhões de euros.


O Corinthians detém 80% dos direitos econômicos de Carlos Miguel. Sendo assim, o clube deve receber R$ 18,4 milhões.


Augusto Melo, em entrevista coletiva na última segunda-feira, admitiu que o clube está no mercado em busca de uma contratação para suprir estas duas saídas, uma já concretizada e a outra iminente.

Notícias relacionadas

© Copyright 2023 Grupo Tarobá