Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Caso Luana: suspeito de crime é preso na cidade de Matinhos dois anos depois

16/08/22 às 18:54 - Escrito por Redação Tarobá News

O suspeito de assassinar uma menina de 11 anos, na zona norte de Londrina, foi preso nesta terça-feira (16) no município de Matinhos. Luana Indianara foi baleada por engano no quintal de casa no dia 15 de novembro de 2020.


A família de Luana realizava uma confraternização no local e o portão da residência estava parcialmente aberto. Na ocasião, Maycon Galdino dos Santos entrou correndo na casa fugindo de um atirador, que efetuou inúmeros disparos e um deles atingiu a menina.


O homem que atirou em Luana estava foragido desde então. Ele foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio e a Justiça determinou a prisão preventiva. Segundo informações da Polícia Militar, ele estava em uma pista de skate em Matinhos quando foi abordado pelos policiais.


Ainda de acordo com a PM, o homem tentou fugir, mas foi detido. Ele forneceu um nome falso aos policiais, mas na delegacia constataram a real identidade e o mando de prisão aberto pela morte de Luana.


“Eu recebi a notícia ontem à tarde que tinham prendido ele. Aí eu liguei na delegacia e eles confirmaram. Deu uma sensação de alívio, porque já era para ele estar preso, passou dois anos. Eu ligava, procurava saber. Eu espero que a justiça termine de ser feita e ele cumpra por tudo o que fez. Ele tirou o sonho de uma menina de 11 anos”, disse a mãe de Luana, Marciana Pereira.


O outro rapaz, Maycon, que estava fugindo do atirador, foi preso naquele dia por ser flagrado com uma motocicleta com alerta de furto. Ele foi liberado pouco tempo depois com tornozeleira eletrônica, e no dia 12 de outubro de 2021 foi assassinado a tiros no jardim Ideal.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá