Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

“Ela era tudo para família”, diz mãe de menina de 13 anos morta a facadas

05/01/22 às 08:54 - Escrito por Redação Tarobá News

A mãe da menina de 13 anos, encontrada morta em Sertanópolis nesta terça-feira (4) após facadas do namorado de 19 anos, conversou com a reportagem da TV Tarobá e falou sobre o momento que perdeu o contato com a filha pelo telefone.

Ela disse que estava trabalhando e que aguardava a menina que sempre aparecia para ajudar após conversar com a filha pelo telefone. Mas, por volta do meio-dia não houve mais contato. Ligações e mensagens enviadas não eram mais respondidas.

“Ela era mais que uma filha. Era uma amiga, uma companheira, ela era tudo ali dentro de casa pra mim, para o meu marido, para os meus irmãos e para família inteira”, desabafou.

O criminoso mudou o status em uma rede social de “namorando” para “viúvo”. Sérgio Henrique da Silva foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Sertanópolis. Segundo a perícia, a adolescente foi morta com pelo menos 20 golpes em diferentes partes do corpo.  

O rapaz ligou para a Polícia Militar logo após o crime e esperou a viatura para ser preso. Ele já tem passagens por tráfico de drogas e estava utilizando tornozeleira eletrônica. Segundo a PM, ele rompeu o equipamento antes de se entregar para as autoridades.

“Eu quero que a Justiça seja feita. Não foi certo o que ele fez e amanhã ele pode ser solto e fazer com outra pessoa. Se existe Justiça que ela faça o melhor, se não vou procurar outros tipos de recurso para defender minha filha. Depois de morta ela não fala e vão falar dela”, disse a mãe com indignação.

O velório e sepultamento da adolescente ocorre nesta quarta-feira (5) em Bela Vista do Paraíso, onde ela morava com a família.

A investigação será realizada pela Polícia Civil de Sertanópolis. O inquérito deve apurar se o casal manteve relações sexuais já que, como a vítima tinha apenas 13 anos, o jovem preso também pode responder por estupro.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá