Linha 4

Publicidade

Pai de jovem morta em acidente fala sobre caso e pede justiça

Julia Neris

Pai de Amanda Prado Amorim, de 19 anos, morta em acidente de trânsito na madrugada de hoje (12), falou com a imprensa sobre o acidente ocorrido no Bairro Canadá. 

Leia mais: Uma pessoa morre e outra fica ferida em grave acidente de trânsito no Canadá

Segundo o pai, os familiares foram ao local do acidente assim que receberam a notícia, ao chegar até a Rua Marechal Cândido Rondon, cruzamento com a Rua Caxias do Sul, onde o fato aconteceu, já encontraram a jovem sem vida. Ainda conforme relato do pai, um amigo da vítima seguia em outra moto e percebeu a perseguição, o rapaz tentou desviar o percurso para tirar a atenção do condutor do carro, mas não teve sucesso na ação. 

Amanda estava em uma moto YBR, com uma amiga, quando foram atingidas por um veículo Kadett, que conforme informações de testemunhas seguiu as jovens e atropelou de forma intencional. A passageira da moto sofreu ferimentos moderados e foi levada para atendimento hospitalar. Já Amanda, foi arrastada por alguns metros e ficou presa embaixo do veículo, morrendo ainda no local. 

O pai conta que espera justiça pela morte da filha, "Nós queremos justiça, se não for justiça dos homens, que seja a justiça divina". O pai relata ainda que a filha era uma jovem cheia de sonhos, "Ela queria ser policial, estava correndo atrás disso, fazia faculdade de Educação Física. Não tenho nada para reclamar dela, vai deixar muita saudade". 



COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade