Quadrilha que extorquia vítimas de roubo e furto é presa em Rolândia

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 22/05/2019 às 13:59

A Polícia Civil de Rolândia prendeu 22 pessoas até o início da tarde desta quarta-feira (22) suspeitas de extorsão. É a terceira fase da Operação Boi na Linha contra golpes praticados com vítimas de veículos roubados. 

LEIA MAIS:

A operação foi comandada pela Policia Civil de Curitiba com participação da Polícia Militar (PM). 20 pessoas foram presas suspeitas de participarem de um esquema que extorquia dinheiro de vitimas que tiveram os veículos furtados ou roubados. Outros dois suspeitos já estavam detidos. A maioria mora em Rolândia, mesmo endereço das contas bancárias utilizadas pelos criminosos. Outros alvos estavam em Arapongas, Centenário do Sul, Bandeirantes e Jaguapitã.


Eles encontravam as vítimas em anúncios nas redes sociais. Mesmo após entregar o dinheiro, os veículos não eram devolvidos. Segundo a Polícia Civil, nem estavam com os criminosos. Os valores pedidos variavam entre R$ 200 e R$ 4 mil, dinheiro que era depositado em conta corrente, mas rapidamente sacado.

O advogado de seis mulheres presas disse que elas não tinham conhecimento do esquema. Os presos serão encaminhados à Curitiba. Eles respondem por extorsão, associação criminosa e estelionato. Apenas uma mulher deve ficar em Rolândia. Ela foi presa em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. A operação Boi na Linha começou em 2018, em Brasília, mas chegou a Rolândia em fevereiro deste ano.

(Reportagem: Kathulin Tanan)



Relacionados

Cascavel | 20-09-2019 18:58

Homem é atingido por golpes de facão durante briga no Universitário

Homem é atingido por golpes de facão durante briga no Universitário

Foz do Iguaçu | 20-09-2019 18:24

Parceria permite atendimentos especializados para presas da Penitenciária Feminina

Parceria permite atendimentos especializados para presas da Penitenciária Feminina

Curitiba | 20-09-2019 18:20

Polícia elucida 57% dos homicídios ocorridos em Curitiba de janeiro a julho

Polícia elucida 57% dos homicídios ocorridos em Curitiba de janeiro a julho

Almirante Tamandaré | 20-09-2019 18:04

Polícia prende mulher que deu R$ 5 mil para morte de empresário

Polícia prende mulher que deu R$ 5 mil para morte de empresário