Linha 4

Publicidade

Soldado da PM que morreu em acidente é sepultado com honras militares

Da Redação

O corpo do soldado da Polícia Militar, Douglas Kenji Yamada de Camargo, que morreu na manhã desta quarta-feira (24) em um acidente de trânsito, foi sepultado no final da tarde no Cemitério Padre Anchieta, no jardim Ideal. Policiais realizaram uma cerimônia com salva de tiros para homenageá-lo.

A reportagem da Tarobá acompanhou, ao vivo, o sepultamento de Yamada. Uma familiar do soldado recebeu uma bandeira do Brasil da PM. A emoção tomou conta de todos que acompanharam a cerimônia. Assista!  

O acidente
Na manhã desta quarta, Yamada estava a caminho do trabalho fardado e com uma moto do 5º Batalhão quando colidiu contra um carro na rua Benjamin Franklin, perto da avenida Arthur Thomas, na zona oeste de Londrina. O automóvel ficou com a frente totalmente destruída.

A motocicleta foi lançada e quase bateu contra um poste. Socorristas do Siate e equipe médica do Samu foram acionados e prestaram atendimento ao Yamada, que não resistiu aos ferimentos e faleceu dentro da ambulância. O acidente aconteceu a aproximadamente 300 metros da casa onde ele morava.

Foto: Evandro Ribeiro

PM lamenta morte
O 5º Batalhão da Polícia Militar (PM) divulgou uma nota de pesar sobre a morte do soldado. O comunicado, assinado pelo tenente-coronel Nelson Villa, comandante do 5º BPM, afirma que o soldado vai "deixar boas lembranças" e uma "sensação de vazio" entre os colegas de farda.

Confira a nota na íntegra:
Com muita tristeza no coração, com extremo sentimento de perda e enlutado que este comandante de unidade vem comunicar o seu efetivo e demais pessoas que, nesta data, no início da manhã, o nosso companheiro de farda, Soldado Douglas Kenji Yamada de Camargo, envolveu-se em um acidente automobilístico, quando saia de sua casa para o serviço, entrando em óbito no local.

O Soldado Yamada, como era na polícia militar referido, vai deixar boas lembranças, muitas saudades e nos deixa, nesse momento triste, com uma sensação de vazio, de perda e de muita consternação.

Vai com Deus, meu amigo. Você sempre estará em nossos corações. Temos certeza absoluta de que Deus te reservou um lugar muito especial aí, onde você está agora.

Ten.-Cel. QOPM Nelson Villa Junior.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade