Após polêmica, vereador retira projeto que criava 'Dia do Pobre' em Maringá

Redação Tarobá News
Política | Publicado em 21/08/2019 às 18:02

Vereador disse que o projeto foi inspirado no "Dia Mundial dos Pobres" instituído em 2016 pelo Papa Francisco (Foto: CMM)

O vereador Alex Chaves (PHS) recuou e vai pedir o arquivamento do projeto de lei que cria o Dia Municipal dos Pobres em Maringá. De autoria do vereador, a proposta aguarda parecer da Procuradoria Jurídica da Câmara e o pedido de retirada do projeto deve ser feito ainda nesta quarta-feira (21/8). A ideia é discutir um novo texto e apresentar novamente o projeto de lei.

A proposta gerou polêmica e levantou questionamentos, afinal, por que celebrar a pobreza? No entanto, de acordo com o vereador, o objetivo era promover o debate sobre políticas públicas e o combate às desigualdades. Alex Chaves disse que vai pedir o arquivamento do projeto para discutir uma nova proposta com outro nome, como o Dia de Combate à Desigualdade ou Dia de Inclusão.

O vereador afirmou que o projeto apresentado foi inspirado no Dia Mundial dos Pobres instituído pelo Papa Francisco em 2016 para promover entre os católicos reflexões sobre a pobreza e a desigualdade. Neste ano, a Igreja Católica celebra a data no dia 17 de novembro. O objetivo era que o município pudesse se juntar à igreja nas ações realizadas no dia. 

“A Igreja Católica vai fazer algumas ações com albergues e com a Associação Aliança de Misericórdia. Nossa ideia era que o poder público entrasse com assistência social, serviços psicológicos e de saúde, como o consultório de rua, e até disponibilizasse passagens para que as pessoas em situação de rua voltem para sua cidade de origem”, disse Chaves.

Segundo relatório do Banco Mundial divulgado em abril deste ano, a pobreza aumentou no Brasil entre 2014 e 2017, atingindo 21% da população o que representa 43,5 milhões de pessoas. Alex Chaves afirmou que pretende manter a ideia inicial do projeto e discutir mudanças com a sociedade. “A gente não tem um momento de movimentação onde você pode expor todos esses serviços [de combate à pobreza]”. 

Fonte: Maringá Post



Relacionados

Apucarana | 13-02-2020 11:00

Câmara de Apucarana pede instalação de radares na rodovia PR-444

Câmara de Apucarana pede instalação de radares na rodovia PR-444

Marechal Cândido Rondon | 13-02-2020 08:29

MP determina bloqueio de bens do ex-prefeito de Marechal Rondon, Moacir Froehlich

MP determina bloqueio de bens do ex-prefeito de Marechal Rondon, Moacir Froehlich

Política | 13-02-2020 07:30

Maia defende punição após ataque a jornalista durante CPI

Maia defende punição após ataque a jornalista durante CPI

Política | 12-02-2020 18:00

Moro: morte de miliciano foi em confronto com polícia de Estado governado pelo PT

Moro: morte de miliciano foi em confronto com polícia de Estado governado pelo PT