FHC e Aécio não participam de reunião do PSDB para discutir apoio a Temer

Estadão Conteúdo
Política | Publicado em 12/06/2017 às 18:20

Foto: divulgação

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador afastado Aécio Neves (MG) não participam da reunião do PSDB desta segunda-feira, 12, na qual o partido discute o apoio ao governo Michel Temer. O ex-presidente está em São Paulo, onde participa de reunião do Conselho Fiscal da Fundação FHC. Já Aécio, que é presidente licenciado da sigla, está em Brasília, mas não informou por que não compareceu.

O encontro, porém, tem as presenças de todos os quatro ministros da legenda - Bruno Araújo (Cidades), Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo), Aloysio Nunes (Relações Exteriores) e Luislinda Valois (Secretaria de Direitos Humanos) - e de outras lideranças tucanas nacionais, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista, João Doria.

Além de Doria e Alckmin, alguns governadores compareceram à reunião, entre eles, Simão Jatene (Pará). Senadores do PSDB como José Serra (SP), Ricardo Ferraço (ES), Antônio Anastasia (MG) também estão presentes, além de vários deputados federais, como Silvio Torres (SP), secretário-geral do PSDB, Rogério Marinho (RN), Betinho Gomes (PE), Miguel Haddad (SP).

Um dos principais nomes dos "cabeças pretas", como são chamados os tucanos mais novos e que lideram o movimento a favor do desembarque do PSDB do governo, o deputado federal Daniel Coelho (PE) não foi à reunião, pois está retornando da Coreia do Sul. O tucano estava em viagem oficial ao país asiático.



Relacionados

Política | 07-10-2018 22:10

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Marina: infelizmente, tivemos a velha polarização que tóxica nessa campanha

Política | 07-10-2018 22:10

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Fora do 2º turno, Skaf diz a apoiadores que "saímos todos fortalecidos"

Política | 07-10-2018 22:10

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Filho de Bolsonaro bate recorde de votos na Câmara

Política | 07-10-2018 22:05

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

Próximo presidente terá o desafio de unificar o País diz presidente da Votorantim

PUBLICIDADE