Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

PSDB orienta voto contra o governo em debate sobre MP na Câmara

05/07/17 às 23:30 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

Às vésperas da votação da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a bancada do PSDB na Casa voltou a dar sinais de insatisfação com o Palácio do Planalto. Na noite desta quarta-feira, 5, o partido orientou voto contra a Medida Provisória 771, de interesse do governo.

Dos 30 tucanos presentes no plenário, 25 foram contra o governo. Mesmo assim, a MP foi aprovada por 219 votos a favor e 75 contra.

O texto que motivou a discórdia cria uma nova autarquia federal, de caráter temporário, para substituir a Autoridade Pública Olímpica (APO). A ideia é que essa nova instituição, chamada de Autoridade de Governança do Legado Olímpico (Aglo), sirva para administrador o legado patrimonial e financeiro deixado pelas Olimpíadas e Paralimpíadas de 2016, como os ginásios esportivos.

Leia mais:

Imagem de destaque
SAIBA MAIS

TSE rejeita recurso de Cloara Pinheiro; defesa diz que decisão não afeta mandato

Imagem de destaque
ACUSADO DE XENOFOBIA

Câmara de Apucarana descarta cassação de Vereador

Imagem de destaque
ENTENDA

STF anula mais uma condenação de Moro contra André Vargas na Lava Jato

Imagem de destaque
ENTENDA

Terminal Rodoviário é novo ponto de votação para as eleições de 2024

Dos 91 cargos em comissão e 90 funções de confiança da extinta APO, serão aproveitados 65 cargos em comissão e 30 funções, com a mesma remuneração, na Aglo.

A criação de cargos públicos em um momento de discussão de reformas foi considerada pelo PSDB como "absurda" e motivou a orientação de voto contra a MP 771.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá