Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Takahashi convoca sobrinho de Requião para testemunhar na CP da ZR3

06/07/18 às 10:22 - Escrito por Redação Tarobá News

Os vereadores afastados Mario Takahashi (PV) e Rony Alves (PTB) arrolaram 23 testemunhas para serem ouvidas pela Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal, que investiga se ambos, réus na Operação ZR3, quebraram o decoro parlamentar. São 9 de Rony e 10 de Mario, sendo que há uma testemunha em comum entre eles. Nas testemunhas do vereador do PV chama a atenção a presença do deputado federal João Arruda (MDB), sobrinho do senador Roberto Requião.

A defesa de Mario Takahashi convocou os seguintes nomes: Fernando Yogi (ex-chefe de gabinete), Rodrigo Zacaria (presidente do Sinduscon e do CMC), Edson Antonio Miura, Marcelo Canhada (secretário de planejamento da Prefeitura de Londrina), Nado Ribeirete (ex-presidente do IPPUL e da CODEL), Gustavo Richa (superintendente do PROCON), João Arruda (deputado federal), Daniel Germanovix (assessor do vereador Filipe Barros), João San Martin Paixão e Ademar Agimura.

O advogado de Rony Alves, Mauricio Carneiro, arrolou estas testemunhas: Rodrigo Zacaria (presidente do Sinduscon e do CMC), Ignes Dequech (ex-presidente do IPPUL, ré na ZR3), Homero Wagner Fronja (réu na ZR3), Osmar Seolin, Neusa Silva (ex-assessora da Câmara Municipal), Brasil Filho (réu na ZR3), Paulo Valle (ex-Procurador geral da gestão Kireeff), Nelson Antonio Vicente e Ney Paulo Ferreira.

Ainda não há data para que estas testemunhas sejam ouvidas pelos vereadores. Na manhã desta sexta (6) a CP ouve quatro depoimentos arrolados pelos membros da comissão.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá