Linha 4

Publicidade

Identificado homem que morreu após colisão entre carros no centro de Londrina

Weslley Lemos

O homem que morreu após se envolver em um acidente de trânsito na manhã deste sábado (10), no cruzamento das ruas Bahia e Rio Grande do Norte, área central de Londrina, foi identificado no Instituo Médico Legal (IML) como Billy Everson da Rocha, de 31 anos. O sepultamento aconteceu durante a tarde no Cemitério Jardim da Saudade, localizado na zona norte da cidade. 

Ele estava em um veículo Peugeot 206 que bateu contra um Fiat Argo e com a força do impacto, foi ejetado do automóvel sofrendo diversos ferimentos. O motorista do outro carro, Ricardo Alexandre, conversou com a reportagem da Tarobá e afirmou que a vítima teria avançado o sinal vermelho. “Semáforo estava aberto para minha direção e o veículo cruzou a Rio Grande do Norte”, disse.

O Peugeot só parou depois que derrubou um muro. Billy trabalhava como vigilante e uma arma de fogo foi encontrada com ele. Moradores de rua tentaram furtar a pistola, mas socorristas do Siate e um outro vigilante que passava pelo local, conseguiram evitar que ela fosse levada e posteriormente foi entregue para a Polícia Militar.

O tenente Budernik, do Corpo de Bombeiros, explicou que quando o Siate chegou o estado de saúde era gravíssimo. “Não tinha mais reações ativas, por isso a gente acionou a presença do médico no local. Foram realizados procedimentos”. Billy chegou ficar estável, mas morreu poucas horas depois em um hospital do município. Assista a reportagem que foi ao ar no Tarobá Notícia, antes da morte do rapaz. 

Foto: Fernando Lopes - Paraíba/Tarobá

Homenagens 
Nas redes sociais, o homem publicava diversas fotos demonstrando amor por segurança. O pai dele era policial militar. Diversos amigos e familiares lamentam a morte. “Deus achou graça e recolheu o meu sobrinho querido. A dor é imensa, mas o consolo é que um dia vamos se encontrar”, publicou uma tia.

“Mais uma tragédia de trânsito, mas Deus sabe o que faz, sabe o homem trabalhador que você era e um bom pai para seus filhos”, ressaltou um primo. “Uma das pessoas mais bacanas e trabalhadora que tive a oportunidade de conhecer, um amigo que vai ficar guardado em nossos corações para sempre”, afirma o relato de um companheiro de trabalho. Billy deixou a esposa e dois filhos pequenos. 

Fotos: Reprodução/Facebook

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade