Laudo aponta que motorista envolvido em morte de estudante estava a 114 km/h

Redação Tarobá News
Trânsito | Publicado em 26/03/2020 às 07:12

Banda B.

O motorista suspeito de atropelar e matar a estudante da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), Caroline Beatriz Olímpio, de 19 anos, estava acima da velocidade permitida no trecho da rua Pedro Viriato Parigot de Souza quando o acidente aconteceu. A informação foi confirmada por um laudo do Instituto de Criminalística do Paraná desta terça-feira (24).

De acordo com o documento, a velocidade máxima permitida na via é de 60 km/h e o motorista Fernando Rocha Fabiani estava a 114,52 km/h.Já o outro motorista suspeito de envolvimento no suposto racha que terminou com a morte de Caroline, Nicholas Henrique Castro, também estava acima da velocidade permitida no local. Segundo o laudo, ele estava dirigindo a 88,70 km/h.

O caso

Caroline estudava Arquitetura e Urbanismo da UTFPR. Ela estava voltando da faculdade depois de tentar tirar um xerox quando foi atropelada por Fernando, que dirigia um veículo UP TSI, vindo a morrer na hora. Testemunhas disseram que ele e Nicholas estavam praticando um racha.

O atropelamento aconteceu em frente à Universidade Positivo, no Câmpus Ecoville.


Banda B.



Relacionados

Cascavel | 25-05-2020 17:29

STJ suspende liminar que determinava subsídio ao transporte público

STJ suspende liminar que determinava subsídio ao transporte público

Cascavel | 25-05-2020 14:47

Maio Vermelho? Excesso de velocidade e álcool seguem fazendo novas vítimas no trânsito

Maio Vermelho? Excesso de velocidade e álcool seguem fazendo novas vítimas no trânsito

Curitiba | 25-05-2020 09:46

Motociclista morre na hora em acidente no Contorno Norte; carreta teria feito retorno proibido

Motociclista morre na hora em acidente no Contorno Norte; carreta teria feito retorno proibido

Cascavel | 25-05-2020 09:39

Ecocataratas reforça a higiene e sanitização devido ao Covid-19

Ecocataratas reforça a higiene e sanitização devido ao Covid-19

PUBLICIDADE