Moradores colocam 280 cruzes em rodovia para protestar contra mortes em trecho

Redação Tarobá News
Trânsito | Publicado em 24/08/2019 às 11:24

Moradores da região de Mato Dentro, em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba, se reuniram no quilômetro 18 da Rodovia dos Minérios, na manhã deste sábado (24), para protestar contra as frequentes mortes que tem acontecido ao longo da via e pedir por soluções do governo estadual para o problema. Os manifestantes colocaram cerca de 280 cruzes ao lado da estrada como uma forma de representar cada morto em acidente na região e fecharam a rodovia por cerca de sete minutos durante ato simbólico.

O morador Edilson Tomé explica que o objetivo do protesto é chocar os motoristas negligentes e chamar a atenção dos órgãos responsáveis pela rodovia. “A população que mora nas proximidades está indignada com tantos entes queridos sendo atropelados nessa rodovia. Essas 280 cruzes que foram colocadas não são o suficiente ainda para representar tantas pessoas que já morreram aqui. Vamos fazer uma manifestação pacífica e nos reunir ao longo da rodovia para tentar chocar os motoristas negligentes e chamar a atenção dos órgãos responsáveis pela rodovia estadual”, disse Tomé.

Silvestre Ribeiro da Silva conta que perdeu o pai, de 56 anos, em junho deste ano em um atropelamento na rodovia. “É um negócio muito problemático essa rodovia aqui, a gente sente muito a falta de sinalização e precisa que algo seja feito pelo responsável da via. Nesse mesmo local, meu pai quase faleceu uma vez, quando um caminhão bateu na frente de um carro onde ele estava e acabou matando um vizinho nosso, seu João. Não sei se por ironia do destino, o meu pai foi atropelado no mesmo local mais tarde”, lamentou Silva que relata ainda também ter perdido o sobro em acidente na estrada.

“O avô da minha esposa foi atropelado no mesmo local por um caminhão. Não tem faixa para pedestre, então queríamos uma melhoria nem que fosse uma lombada para melhorar o fluxo”, pede o morador.

Outro que perdeu o sogro na rodovia foi Valmir Jesus de Oliveira, o idoso de 74 anos foi atropelado há três anos. “Meu sogro tava esperando para atravessar e pegar o ônibus, quando saiu correndo para alcançar o coletivo e veio um caminhão de trás e pegou ele. Minha esposa está tomando medicamentos e sofre até hoje por conta disso. Tem bastante gente que já perdeu parente aqui e fica nessa situação que ninguém resolve nada, pelo menos uma lombada eletrônica já ajudava com o problema”, afirma Oliveira.

Priscila, amiga de Kelly que estava internada na UTI, vítima de um recente acidente no local que matou seu pai e seu noivo, e ainda não sabe da morte do dois, disse que a rodovia precisa de melhoras na infraestrutura. “Acho que precisa ser feita uma lombada aqui e colocado luzes. Se tivesse uma iluminação melhor, talvez o acidente com minha amiga não tivesse acontecido”, disse Priscila.

A população aguarda agora um retorno das autoridades responsáveis com soluções para diminuir os acidentes na rodovia.



Banda B





Relacionados

Cantagalo | 21-09-2019 20:28

Após carro ser atingido por carreta, homem fica gravemente ferido

Após carro ser atingido por carreta, homem fica gravemente ferido

Londrina | 21-09-2019 19:00

Homem morre após perder controle do carro e bater em árvore

Homem morre após perder controle do carro e bater em árvore

Vera Cruz do Oeste | 21-09-2019 16:56

Seis pessoas ficam feridas em acidente na PR 488 em Vera Cruz do Oeste

Seis pessoas ficam feridas em acidente na PR 488 em Vera Cruz do Oeste

Ponta Grossa | 21-09-2019 16:44

Carro capota após colisão na PR 151 em Ponta Grossa

Carro capota após colisão na PR 151 em Ponta Grossa

PUBLICIDADE