Londrina
Cascavel

TV Tarobá

Tarobá FM

  • Londrina
  • Cascavel

Motorista que provocou morte de motociclista segue em prisão temporária

28/06/22 às 08:41 - Escrito por Redação Tarobá News

O inquérito sobre o acidente que matou uma motociclista Maria na BR-369, em Rolândia, na noite de sábado (25), foi concluído pela Polícia Civil nesta segunda-feira (27). O motorista que provocou o acidente foi indiciado pelo crime. Ele passou pela audiência de custódia e a prisão em flagrante foi convertida em temporária pela justiça.


De acordo com testemunhas, o homem, de 45 anos, conduzia um Peugeot 206 com placas de Londrina em zigue-zague pela via. Segundo a PRF, no momento da colisão ele tentava realizar uma ultrapassagem em local proibido. Ele passou pelo teste do bafômetro, que registrou 0,77 mg/L, confirmando a ingestão de álcool.


O motorista foi denunciado por homicídio com dolo eventual, já que assumiu o risco. Além da embriaguez ao volante, que foi constatada, ele teria cometido direção portuguesa perigosa ao tentar ultrapassar ou converter em local proibido.


A colisão fatal aconteceu na Avenida Presidente Getúlio Vargas, trecho urbano da BR-369, que corta a cidade. Em determinado momento, ele perdeu o controle do veículo e bateu de frente contra uma Honda Biz, conduzida por Maria Inês Vaz de Lima, de 48 anos, que vinha no sentido contrário.


Com o impacto, a motociclista foi jogada a vários metros de distância, sendo arremessada contra a porta de um depósito de recicláveis e morreu na hora. A Polícia Militar precisou conter populares que tentaram agredir o condutor do automóvel na delegacia. 


Agora cabe a justiça aceitar ou rejeitar a denúncia de homicídio feita pelo Ministério Público. Se for aceita o motorista vai a júri popular.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá