Linha 4

Publicidade

"O que ele fez não foi certo, foi covardia pegar uma criança em cima da calçada", diz mãe

Ellen Santos

Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens a Maria Eduarda Mendes Eilkina, 7 anos que morreu após ser atropelada na noite deste sábado (19), no Jardim Melissa em Cascavel. O velório da pequena está sendo realizado na capela da Acesc do bairro Interlagos.

Inconformada, a mãe da criança relatou que o sentimento de perder a filha dessa maneira é de revolta. "O que ele fez não foi certo, foi covardia pegar uma criança em cima da calçada. Eu quero justiça" desabafa a mãe. 

Ela ainda relatou que no momento do acidente o motorista tentou fugir do local, mas foi impedido por populares. " Ele devia apodrecer na cadeia, esse ai não pra ser chamado de homem". 

O padrinho da pequena Maria, Leandro Alves veio de Foz do Iguaçu para dar o último adeus. "Eu convivi com ela, sempre foi uma menina alegre e feliz. Bem espertinha. A gente quer justiça porque esses casos estão ficando impune" relata.

Leandro ainda questiona a punição para esses casos, "quantas mães vão chorar por causa de bêbado que atropela crianças".

O sepultamento está marcado para às 10h desta segunda-feira (20), no Cemitério Jardim da Saudade no bairro Guarujá.


Caso

A menina estava brincando na calçada na rua Nogueira, quando foi atropelada pelo Uno. Com a força do impacto, a pequena foi arremessada por alguns metros.

O motorista do carro que apresenta sinais de embriaguez, perdeu o controle e bateu contra um poste ao atropelar a criança.

Ele foi agredido por populares que ficaram revoltados com a situação. O homem está internado no Hospital Universitário.

Leia mais: Imagens mostram atropelamento que matou menina no Melissa

Moradora do Jardim Melissa fala sobre atropelamento que matou criança

Criança morre após ser atropelada; condutor foi agredido por populares no Jardim Melissa


ENVIE SUGESTÕES, NOTÍCIAS, FOTOS OU VÍDEOS PARA NÓS - ATRAVÉS DO WHATSAPP DO TAROBANEWS - 9.9147-1096.

COMENTÁRIOS

Publicidade