Linha 4

Publicidade

Polícia Civil fala sobre investigações de acidente com duas mortes na BR 277

Redação Tarobá News

Nesta segunda-feira (21), o delegado da Polícia Civil, Rogério Sodré, falou sobre as investigações realizadas sobre um grave na BR 277, na noite de sexta-feira (18), onde duas pessoas morreram carbonizadas. 

O acidente registrado Km 593 da rodovia, envolveu três veículos. Conforme informações repassadas no local, um caminhão que carregava milho seguia sentido Curitiba e um Sorento e um Cruze seguiam em direção a Foz do Iguaçu, quando houve a colisão frontal. Após a batida, o caminhão arrastou os veículos, tombando na canaleta lateral da rodovia. 

Um dos veículos pegou fogo. Os condutores ficaram presos as ferragens, morrendo carbonizados. Os demais condutores sofreram apenas ferimentos leves e receberam atendimentos dos socorristas. 

Leia mais: Duas pessoas morrem após caminhão tombar e arrastar dois carros

Segundo o delegado, um inquérito policial foi instaurado para apurar os fato e os investigadores da polícia realizaram uma varredura no local para confirmar se houve envolvimento de um quarto veículo no acidente. O delegado relatou que o condutor do caminhão foi encaminha à Delegacia após o acidente para ser ouvido e liberado.

O delegado diz ainda que as imagens de câmera de segurança que mostram o momento do acidente e o resultado do laudo pericial devem auxiliar no resultado das investigações. Ele conta ainda com ajuda da pessoas que possam ter testemunhado o acidente. 


Leia mais: Câmeras mostram acidente na BR 277; duas pessoas morreram carbonizadas

Vítimas que morreram carbonizadas em acidente na BR 277 eram casadas

COMENTÁRIOS

Publicidade