Linha 4

Publicidade

Hospital Municipal de Foz recebe doação do Sindicato dos Auditores da Receita Federal

Redação Tarobá News

Foto: Assessoria

Novos equipamentos foram recebidos nesta segunda-feira (19) pelo Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, referência no atendimento a casos de covid-19, como doação feita pelo Sindicato dos Auditores da Receita Federal em Foz do Iguaçu (Sindifisco).

No total, foram R$ 56 mil em equipamentos que poderão auxiliar no atendimento a casos graves de infecção por coronavírus, como um  vídeo laringoscópio e um cardioversor.

A entrega oficial aconteceu no Hospital Municipal com a presença do diretor-presidente da instituição, Sergio Fabriz; do diretor técnico Fábio Marques; do presidente do Sindicato dos Auditores da Receita Federal, Flávio Bernardino de Carvalho; e do integrante do sindicato Alfonso Burg.

“Os auditores fiscais da Receita Federal em Foz reiteram, por meio desse gesto, o compromisso com a causa pública, defendida dia a dia no exercício de nossas atribuições, quer na arrecadação de tributos para custeio de serviços públicos essenciais, como a saúde por exemplo, quer no controle aduaneiro de fronteiras”, enfatizou o presidente sindical, Flávio Bernardino de Carvalho.

De acordo com Carvalho, os auditores acreditam que a doação de equipamentos e insumos hospitalares possa ser replicada por outros potenciais doadores privados, auxiliando o setor público, especialmente em momentos críticos, como no caso do enfrentamento à pandemia da covid-19. “É possível contornar com agilidade os trâmites burocráticos que, por vezes, emperram as aquisições feitas pelo poder público, como por exemplo a instauração de processos para abertura ou dispensa de licitações”.

O diretor do Hospital Municipal, Sergio Fabriz ,agradeceu aos auditores pelo gesto e parceria com a instituição, “São doações como essas que impactam positivamente na assistência direta ao paciente e, em especial neste caso, na qualidade do atendimento aos pacientes graves com covid”, disse Fabriz.

Os equipamentos doados pelo Sindifisco são: vídeo laringoscópio, utilizado para visualizar em tempo real as vias áreas de um paciente e suas respectivas características, por meio de um monitor de alta resolução; e um cardioversor, que age como uma terapia elétrica, interrompendo a arritmia e devolvendo o ritmo normal de pulsações do coração.

Assessoria

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade