Aeronáutica investiga pouso de avião em praia do Paraná

Redação Tarobá News
Paraná | Publicado em 18/07/2018 às 13:41

(Foto: divulgação/Rádio Ilha Do Mel Fm)

A Aeronáutica informou nesta quarta-feira (18) que o Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos vai investigar o pouso de uma aeronave de pequeno porte na praia de Matinhos, no litoral do Paraná, na última segunda-feira.

A Aeronáutica afirma que foi informada do incidente pelo operador da aeronave de matrícula PR-FFS. Investigadores do Seripa, órgão regional do Cenipa, Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, realizam a ação inicial da ocorrência. O objetivo é coletar dados, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.

A investigação realizada pelo Cenipa tem o objetivo de prevenir que novas ocorrências aeronáuticas com as mesmas características ocorram. Na última segunda-feira, o avião de pequeno porte pousou durante a tarde, no meio da praia, no Balneário Saint Ethiene, em Matinhos. Segundo testemunhas, o avião monomotor fez um pouso forçado. Identificada pela reportagem, a irmã do piloto não respondeu aos pedidos de informações e apagou comentários das redes sociais.

Segundo a Polícia Militar, o piloto do avião disse aos policiais que decolou no aeroclube de Guaratuba, no litoral, e sobrevoava a área, quando a aeronave apresentou problemas mecânicos. Ele estava acompanhado por um piloto aluno. O Aeroclube de Guaratube não quis se pronunciar. A PM não soube informar quais eram os problemas da aeronave. Moradora de região, a corretora de imóveis Helen Ferreira reclama que os voos rasantes são comuns nas praias de Matinhos.

A Agência Nacional de Aviação Civil informou que se comprovadas irregularidades, a Agência pode aplicar as medidas cabíveis, que podem variar de sanções administrativas, como multas ao operador da aeronave e piloto, até cassação de licenças e suspensão da aeronave. Nesse primeiro momento, a Anac afirma que irá analisar os fatos e se for cabível poderá ser iniciado processo de investigação formal.

A Anac possui canais específicos para denúncias, pelo número de telefone 163, ou pelo Fale com a Anac, pela internet. Nesse caso, o sigilo do denunciante é mantido e as penalidades só são aplicadas aos envolvidos na operação.

Leia mais em Band News FM



Relacionados

Londrina | 18-11-2019 19:40

Blitz pelo fim da violência contra as mulheres é realizada pela PM

Blitz pelo fim da violência contra as mulheres é realizada pela PM

Rolândia | 18-11-2019 17:38

Trabalhadores ficam soterrados após tentar cavar túnel em Rolândia

Trabalhadores ficam soterrados após tentar cavar túnel em Rolândia

Curitiba | 18-11-2019 17:27

Governo aumenta reparos e 90% dos veículos estão em circulação

Governo aumenta reparos e 90% dos veículos estão em circulação

Londrina | 18-11-2019 16:13

Prefeitura inicia instalação de luzes de LED na Santos Dumont

Prefeitura inicia instalação de luzes de LED na Santos Dumont

PUBLICIDADE