PF faz operação contra pratica de crimes com veículos alugados

Redação Tarobá News
Policial | Publicado em 11/10/2019 às 07:36

Cerca de 45 Policiais Federais estão cumprindo 10 mandados de busca e apreensão na cidade de Curitiba e Região Metropolitana. As ordens judiciais foram expedidas pela 9ª Vara Federal de Curitiba/PR.

A suspeita é de que um grupo de 8 pessoas, na tentativa de burlar a fiscalização nas rodovias e evitar a apreensão de carros próprios por forças policiais e pela Receita Federal, utilizava carros alugados para a prática de contrabando de cigarros importados oriundos do Paraguai.

Foram detectados 20 veículos com os quais foram feitas ao menos 25 viagens ao exterior, entre os meses de março e outubro de 2019.

A identificação do modus operandi deu-se a partir de uma sequência inusitada de prisões em flagrante realizadas pela Polícia Federal no Paraná, que passou a realizar junto à Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio um cruzamento de dados focado no aspecto financeiro e na descapitalização da criminalidade organizada.

A estimativa é de que o grupo tenha transportado cerca de 200 mil maços de cigarros no período investigado, com evasão de mais de 1 milhão de reais em tributos e multas junto à Receita Federal.

As penas relacionadas a contrabando e organização criminosa podem chegar a 8 anos de prisão.


Banda B




Relacionados

Cascavel | 17-10-2019 16:41

Homens são presos com maconha no Esmeralda

Homens são presos com maconha no Esmeralda

Marechal Cândido Rondon | 17-10-2019 16:31

Presos da Cadeia Pública de Marechal Cândido Rondon recebem atendimento médico dentro da unidade

Presos da Cadeia Pública de Marechal Cândido Rondon recebem atendimento médico dentro da unidade

Curitiba | 17-10-2019 16:25

Polícia descarta que suspeito morto em confronto tenha ligação com abuso sexual de crianças

Polícia descarta que suspeito morto em confronto tenha ligação com abuso sexual de crianças

Londrina | 17-10-2019 16:15

Shopping simula explosão em praça de alimentação

Shopping simula explosão em praça de alimentação

PUBLICIDADE