Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel

Sá Leitão assume Cultura e diz que vai tentar reduzir custos e aumentar receitas

25/07/17 às 12:35 - Escrito por Estadão Conteúdo
siga o Tarobá News no Google News!

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou nesta terça-feira, 25, durante cerimônia de posse no Palácio do Planalto que está honrado com o convite, que vai trabalhar com "dedicação, responsabilidade, transparência" para corresponder às expectativas do presidente Michel Temer e que fará o possível para reduzir custos e aumentar receitas. "A Cultura é um poderoso antídoto para a crise", disse.

"Sei que as condições são adversas, começando a sair da maior recessão da nossa história. O próprio Minc passou por período de incerteza e instabilidade", afirmou, dizendo que é preciso sair da crise e isso se faz pelo trabalho. "Quero contribuir a partir do Ministério da Cultura para que o Brasil saia da crise", disse. "É justamente nos momento de crise que serem humanos são testados."

O novo ministro disse ainda que a Cultura tem um PIB maior do que o das indústrias têxtil, farmacêutica e eletroeletrônica e está "no cerne da economia criativa, ajuda a gerar empregos". Segundo ele, as reformas estruturais "apontam para novo Brasil que sonhamos". "Juntos, somos mais fortes, podemos enfrentar desafios e superar obstáculos, separados nos enfraquecemos", declarou.

Leia mais:

Imagem de destaque
CULTURA

Feira do Teatro em Cascavel abre inscrições para novos expositores

Imagem de destaque
VEJA

Canto do MARL sedia 6º Encontro de Mulheres na Roda de Samba neste sábado (25)

Imagem de destaque
"SUA VERDADE SEM MEDO"

6ª Parada Cultural LGBTQI+ de Londrina será realizada neste domingo

Imagem de destaque
PROJETO KINOCIDADÃO

Festival Kinoarte encerra neste sábado inscrições para Oficina de Maquiagem

Leitão afirmou que assume o ministério "de forma honrada numa hora tão difícil para o país" e que a Cultura "é a melhor ferramenta para ressuscitar sonhos". O novo ministro lembrou que trabalhou com o ex-ministro da Cultura Gilberto Gil e disse que tem muito orgulho de ter trabalho com o cantor, que foi ministro nas gestões do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leitão fez um breve histórico de sua carreira e diversos agradecimentos, incluindo também uma referência ao ex-presidente José Sarney, que esteve na cerimônia.

O cargo do Minc estava vago desde 18 de maio, quando o deputado Roberto Freire (PPS-SP) deixou o posto, após a divulgação da delação do Grupo J&F, que atingiu Temer. Com a imagem fragilizada pela denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República, Temer abriu mão de uma indicação política e decidiu agradar ao setor artístico com a nomeação do jornalista.

© Copyright 2023 Grupo Tarobá