Londrina
Cascavel
  • Londrina
  • Cascavel
Londrina
Cascavel

Meia arrastão

25/07/17 às 07:50 - Escrito por Isadora Markus

Putz, e eu que achava a meia arrastão meio "pirigueti" e agora tamo aí, né? Mais uma lição da série: No judgements please. Quem também julgou, põe o dedo aqui. A meia. A atitude. Alguém. Julgar é instantâneo, às vezes nem da tempo de rebater... e quando dá, ploft, bolada na cara. Tudo bem, a gente merece. Eu julguei a meia arrastão com saia curta. Julguei ela também por se unir aos vestidinhos. Nem dei chance para uma réplica, e agora pensando bem acho que errei. Com a meia. Com as palavras. Com arrogância. O bom do mundo da moda é que as tendências sempre voltam. É um ciclo. Elas nascem, crescem, aparecem, são esquecidas, morrem e depois ressurgem das cinzas... repaginadas. E aí, quando elas voltam podemos dar uma nova chance, um novo olhar. A tendência mudou e eu também. Bom poder olhar pra dentro, enxergar que esteve errado e ter a chance de ver o outro lado da moeda. Eu posso ter começado a gostar da meia arrastão porque ela voltou tendência. Mas, daqui pra frente vou continuar gostando dela pelo que ela realmente é, conhecendo de perto. Um erro, duas lições, e assim a gente vai seguindo de meia arrastão pelos caminhos da vida.

© Copyright 2022 Grupo Tarobá