Linha 4

Publicidade

Toledo mantém vacinação para jovens com idade entre 12 e 17 anos

Redação Tarobá News

A Secretaria de Saúde de Toledo orientou os munícipes a partir de 12 anos a continuar buscando a vacinação contra à COVID-19. Apesar da Nota Informativa Nº 01/2021, emitida pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à COVID-19 do Ministério da Saúde na noite de quarta-feira (15), o município, por conta do estudo observacional autorizado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), segue as mesmas recomendações do Plano Nacional de Imunização (PNI) e está devidamente autorizado pelo próprio PNI e pelo Ministério da Saúde a aplicar as doses vacinais da Pfizer contra a COVID-19 na população de 12 anos de idade e mais.

O diretor geral de Saúde do município, Fernando Pedrotti, explica que Toledo é o único município do país autorizado a vacinar adolescentes a partir dos 12 anos, independente de presença de comorbidade ou outra orientação prevista na Nota Informativa 01/2021 e na Nota Técnica 40/2021, também da SECOVID e emitida ontem.

Pedrotti ainda reforça que o município, na ocasião da publicação da Nota Informativa Nº 01/2021, realizou uma consulta ao Ministério da Saúde, mais especificamente junto ao Programa Nacional de Imunizações. “Nos foi orientado a continuar a aplicação das doses vacinais da Pfizer, para todos os públicos, a partir dos 12 anos de idade. Ela segue sendo dispensada nas Unidades Básicas de Saúde para essa população [12 a 17 anos] e pessoas que ainda não vacinaram”.

O diretor geral ainda reforça que a segurança e eficácia da vacina foi confirmada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). “Além da ANVISA, diversas agências reguladoras do mundo todo aprovaram. A gente mantém a normalidade uma vez que o definido com o Ministério da Saúde, em conjunto com o PNI e com a Pfizer é a aplicação vacinal na população de Toledo, o que proporcionará o acompanhamento observacional do comportamento da COVID-19 e do Sars-CoV2 em uma população plenamente vacinada”, concluiu Pedrotti, reforçando que todas as doses aplicadas em Toledo foram disponibilizadas pelo próprio Ministério da Saúde.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade

Nós usamos cookies teste site para lhe proporcionar a melhor experiência possível lembrando de preferências em visitas anteriores. Clicando em "Aceitar" você aceita o uso de cookies e nossos Termos de Uso.