Vigilância epidemiológica é acionada após caso de meningite

Redação Tarobá News
Ciência e saúde | Publicado em 10/10/2018 às 13:03


Uma professora da Escola Municipal Hercoles Bosquiroli contraiu meningite bacteriana e está internada em estado grave no Hospital Universitário. As aulas seguiram normalmente hoje na escola, mas com algumas medidas tomadas pelas secretarias de saúde e educação.

Pouco depois das 7h a escola abriu e o movimento de pais e alunos começou. Algumas famílias estavam avisadas do caso de meningite, outras não. Muitos dos pais chegaram cheios de dúvidas... Desde ontem, a comunidade escolar vem sendo informada. Dentro da escola, algumas medidas foram tomadas. As salas do 1° ano da tarde e do 4° ano da manhã, onde a professora que contraiu a doença dá aulas estão vazias. Os alunos foram remanejados para outras salas. 

Segundo a direção da escola, a professora trabalhou normalmente, sem manifestar nenhum sintoma até sexta feira da semana passada. O problema mesmo foi na segunda feira quando ela passou mal e, os primeiros sintomas foram confundidos com uma gripe.

A profissional foi encaminhada para a UPA Brasília e depois transferida para o Hospital Universitário. Quando soube do caso, a secretaria de saúde seguiu o protocolo para casos de meningite, preconizado pelo Ministério da Saúde. A vigilância epidemiológica foi notificada e procedimentos preventivos de bloqueio foram adotados para interromper a transmissão da doença em pelo menos 63 pessoas que tiveram contato com a professora entre alunos, colegas de trabalho, familiares e servidores da UPA. 





Relacionados

Umuarama | 29-11-2018 15:55

Uopeccan Umuarama realiza primeira cirurgia de tumor em medula espinhal

Uopeccan Umuarama realiza primeira cirurgia de tumor em medula espinhal

Cascavel | 29-11-2018 13:24

Veja como vai funcionar o atendimento do CEO em Cascavel

Veja como vai funcionar o atendimento do CEO em Cascavel

Ciência e saúde | 29-11-2018 09:46

Paranaenses devem se vacinar contra a febre amarela

Paranaenses devem se vacinar contra a febre amarela

Londrina | 29-11-2018 09:03

Número de casos de AIDS em Londrina cresce nos últimos anos

Número de casos de AIDS em Londrina cresce nos últimos anos

PUBLICIDADE