Linha 4

Publicidade

Com lotação máxima, Cascavel terá 47 novos leitos para Covid-19

Redação Tarobá News

Foto: assessoria

O Governo do Estado montou uma força-tarefa para ampliar a quantidade de leitos disponíveis para tratamento da Covid-19 em Cascavel, na Região Oeste. A estimativa é que nos próximos dias sejam abertos na cidade mais 47 – 27 leitos unidades de terapia intensiva (UTI) e 20 de enfermaria. A medida é uma resposta da Secretaria de Estado da Saúde para os altos índices de ocupação no município, que atingiu 100% há alguns dias.

“O quadro é muito grave. O Governo do Paraná está fazendo todo o investimento possível para ampliar a estrutura em Cascavel. Apenas com equipamentos e diárias de leitos já aplicamos na cidade R$ 50 milhões. Mas a estrutura é finita. Precisamos contar com o apoio da população, para que acate o pedido de ficar em casa neste momento”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A secretaria informou que essa nova entrega vai habilitar 12 leitos de UTI e 20 de enfermaria no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP), referência para o tratamento da doença em Cascavel. O Estado encaminhou também equipamentos para ajudar na abertura de outras 15 UTIs no Hospital Municipal.

“Com isso, apenas o Hospital Universitário passa a ter 85 leitos, sendo 50 de UTI e 35 de enfermaria”, destacou o secretário. 

REGIONAL – Beto Preto lembrou também que a ativação em Cascavel se soma a outras já realizadas pelo Estado na Região Oeste. Foram abertas vagas nesta semana em Corbélia (20 enfermarias), Capitão Leônidas Marques (12 enfermarias) e Foz do Iguaçu (10 UTIs). “É um esforço muito grande, precisamos entender o que está acontecendo no Oeste. Talvez somente a nova cepa do vírus explique esse aumento tão grande de casos na região”, disse.

COMENTÁRIOS

Publicidade

Publicidade